CVC divulga resultados do 2T22

Reservas confirmadas saltam 124% no período em relação ao 2T21; Oferta de ações gerou captação de R$ 402,8 milhões à companhia majoritariamente para capital de giro— A CVC Corp divulga os resultados financeiros do segundo trimestre de 2022 com crescimento de 124% em Reservas Confirmadas em comparação com o segundo trimestre de 2021 e de 34% ante o trimestre anterior de 2022, alcançado montante de R$ 3,8 bilhões. O resultado foi impulsionado pela recuperação das Reservas Confirmadas para destinos internacionais no Brasil, que obtiveram um aumento expressivo de 315% frente ao 2T21.

As principais causas desse incremento foram o reestabelecimento da malha aérea, o reaquecimento dos eventos e de viagens corporativas, as menores restrições sanitárias, além da valorização do Real brasileiro ante a média do Dólar norte-americano. No Brasil, as Reservas Confirmadas para destinos internacionais representaram 46% das realizadas no 2T22, comparado com 38% no trimestre anterior e 22% quando relacionado com o 2T21.

As Reservas Consumidas avançaram 154% no período em comparação com igual período do ano passado devido ao desempenho do B2B4, com aumento no crescimento de vendas de produtos aéreos, aquecimento das vendas corporativas, aumento do ticket médio decorrente do maior preço médio dos bilhetes e o retorno de eventos culturais. Na Argentina, a aceleração de volume de vendas leva Reservas Confirmadas e Consumidas a um crescimento superior a 300% ante 2T21, com predominância de viagens internacionais.

O número de Passageiros Embarcados no 2T22 foi 14% superior ao 2T21 e totalizou 1,7 milhão. Colaborou também com o aumento de Reservas Confirmadas nesse 2T22 o período de Hot Sale na Argentina, realizado em junho, sendo um dos mais fortes dos últimos anos, quando se registrou aumento expressivo da procura por destinos no exterior que levou as Reservas desta natureza representar 90% das Reservas do trimestre e apenas 10% dentro do território argentino.

Outro forte ponto a se destacar no período foi a homologação da Oferta Pública de Distribuição Primária de Ações (Follow-On)no valor de R$ 402,8 milhões (R$ 378,0 milhões líquido), que em grande parte foi destinado para reforço do capital de giro, dando sequência à estratégia de crescimento da Companhia, e para pagamento de debêntures.

“O segundo semestre de 2022 foi marcante de diversas formas para a CVC Corp, especialmente pelo fato de a marca-mãe, CVC, estar comemorando 50 anos de história. Tendo como embaixadora da comemoração e da campanha a cantora Ivete Sangalo, a companhia ofertou inúmeras promoções e intensificou a oferta de voos exclusivos para reforçar a presença da marca no país, fortalecendo seu protagonismo no setor. Importante também ressaltar, no trimestre, a aceleração de viagens internacionais, fruto das menores restrições de acesso a outras geografias e retomada do turismo corporativo, as quais somaram 55% das Reservas Confirmadas do período, montante superior à média dos últimos anos da CVC Corp”, explica Leonel Andrade, CEO da CVC Corp. 

Outro ponto a ser ressaltado é que o Take Rate permanece similar aos demonstrados nos últimos trimestres, sendo a compressão de margem do segundo trimestre atribuída majoritariamente ao efeito do mix (produtos e canais) decorrentes da recuperação do setor, que tem se materializado de forma heterogênea por destino e público. Esse efeito de mix de produtos se dá pela maior predominância de destinos internacionais, que representaram 55% das Reservas Consumidas da CVC Corp no 2T22 (43% no 1T22) e de produtos aéreos (68% no 2T22 e 62% no 1T22). A representatividade da operação argentina nas Reservas Consumidas cresceu 10 p.p. em comparação ao 2T21, para 25% (era 21% no 1T22) e do B2B chegou a 45% das Reservas Consumidas (era 40% no 1T22). Ainda assim, a Receita Líquida avançou 133,5% no 2T22 em relação ao 2T21.

A companhia segue sua trajetória de redução trimestre após trimestre do seu endividamento. Ao final do 2T22, a Dívida Bruta da Companhia somava R$ 891 milhões (R$ 1.014 milhões ao final de 30 de março de 2022 e R$ 990 milhões ao final de 2021). A Companhia acredita que com a abertura de fronteiras de países com potencial turístico, somado à flexibilização de testes de Covid-19, continue impulsionando a utilização de saldo de créditos para remarcação de viagens.

Fortes investimentos em Tecnologia — Os Investimentos realizados pela CVC Corp no 2T22 totalizaram R$ 44,2 milhões e foram direcionados, em grande parte, à Tecnologia e Segurança da Informação, além de projetos estratégicos focados na transformação digital de todas as empresas que fazem parte do grupo. Em continuidade ao Plano de Investimentos aprovado no início de 2021, a Companhia permanece focada no contínuo aprimoramento dos sistemas relacionados ao atendimento do B2C (lojas e online), aperfeiçoamento da gestão de informações por meio de datalake e do CRM e novas iniciativas relacionadas ao desenvolvimento e implementação do programa de fidelidade, além da integração de sistemas operacionais e back-office no B2B e a aprimoramentos em segurança da informação como um todo.

Os investimentos realizados pela CVC Corp no 1S22 somaram R$ 105 milhões, equivalente a quase 80% de todo o investimento realizado durante todo o ano de 2021, que foi de R$ 134 milhões, até então, o maior desembolsado pela companhia em um único ano, reforçando seu propósito de digitalização.

Sobre a CVC Corp  

A CVC Corp é um dos maiores grupos de viagens da América Latina, com marcas que atuam no Brasil, Argentina e Estados Unidos, nos segmentos de férias e lazer, corporativo/negócios, educação (intercâmbio cultural no exterior), gestão e locação de residências (nos EUA e Brasil).

No Brasil, atua com as marcas CVC (líder em viagens de férias e lazer); Submarino Viagens (venda de viagens on-line, para fins de lazer ou negócios); RexturAdvance e Esferatur (no segmento B2B, via agentes independentes); Trend (viagens corporativas e de lazer via agências independentes); Experimento Intercâmbio Cultural (cursos no exterior e intercâmbio cultural), Visual (ecoturismo, resorts e hospedagens de charme e requinte) e VHC (locação e gestão de casas, com atuação no Brasil e forte presença nos Estados Unidos, com portfólio de casas para locação em Miami e Orlando). Nos Estados Unidos, além da VHC, também possui participação na WeTrek (EUA), aplicativo para viajantes independentes.
 

Já na Argentina, atua com o Grupo Bibam (marca de luxo Biblos e a online Avantrip); Ola (dedicada ao canal agências independentes) e Almundo (plataforma digital e lojas).

Por meio de suas marcas, agrupadas em unidades de negócios (B2C, B2B e Argentina), a CVC Corp oferece gama diversificada de produtos e serviços de viagens, para diferentes perfis de público, que combinam tarifas aéreas, transporte terrestre, hospedagem, seguro de viagem e outros serviços complementares de viagem a preços acessíveis, com condições de pagamento flexíveis e completa assistência ao viajante. Mais informações sobre a Companhia aqui.

Cristina Lira Turismo

Cristina Lira - graduada em Comunicação Social-Jornalismo pela Universidade de Brasília (UnB) é baiana e radicada em Natal (RN), com cidadania portuguesa. Trabalha há mais de 20 anos com o turismo e adora o que faz: escrever, viajar e prestar serviços de assessoria de imprensa no segmento. Em 2008, criou o blog www.turismocristinaliranatal.blogspot.com, um sucesso, que migrou para o site www.cristinalira.com (Turismo por Cristina Lira). "Desde 2011, organiza o Encontro dos Profissionais do turismo com Cristina Lira (RN), em Natal e que já aconteceu em 7 cidades do Brasil , em Portugal e na Itália. O evento reúne empresários, profissionais do turismo e jornalistas para um momento de aprendizado e network. O próximo pode ser em sua cidade!. Neste espaço divulga as news do turismo do Brasil e do mundo. Confira e mande sua sugestão!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.