Boa Viagem

Informativo digital do mundo do turismo

Notícias

Com 3 novos restaurantes Duas Estrelas e 7 novos restaurantes Uma Estrela, o Guia MICHELIN 2024 faz um relançamento brilhante no Rio de Janeiro e em São Paulo 

   ‍  


 

 
   ‍  
Com 3 novos restaurantes Duas Estrelas e 7 novos restaurantes Uma Estrela, o Guia MICHELIN 2024 faz um relançamento brilhante no Rio de Janeiro e em São Paulo
 

– Com Evvai (São Paulo), Lasai (Rio de Janeiro) e Tuju (São Paulo) recém-premiados com Duas Estrelas MICHELIN, Brasil duplica o número de estabelecimentos nesta categoria

– Sete restaurantes receberam uma estrela MICHELIN e 12 foram destacados com um Bib Gourmand

– A Estrela Verde MICHELIN faz sua estreia no Brasil, celebrando os excelentes compromissos sustentáveis ​​de 3 restaurantes

A Michelin apresenta a nova seleção de restaurantes do Guia MICHELIN Rio de Janeiro e São Paulo 2024. Sendo o primeiro lançamento atualizado após uma pausa de três anos, a edição 2024 do Guia, apresentada oficialmente em cerimônia especial patrocinada pela cidade do Rio de Janeiro e realizada no icônico Copacabana Palace, recomenda um total de 140 restaurantes, dos quais 60 são recém-adicionados ou promovidos dentro da seleção.


Do total, seis restaurantes receberam duas estrelas MICHELIN – das quais três são recém-atribuídas –, 15 receberam uma estrela MICHELIN – das quais sete são recém-atribuídas – e 37 são distinguidos com um Bib Gourmand – dos quais 12 são novos. Trinta e oito restaurantes que oferecem cozinha de alta qualidade também foram adicionados à seleção pela primeira vez.


Fazendo sua estreia no Brasil, a Estrela Verde MICHELIN celebra os excelentes compromissos ecológicos de três estabelecimentos.


Gwendal Poullennec, Diretor Internacional do Guia MICHELIN, comenta: “Estamos absolutamente encantados em apresentar a nova seleção de restaurantes do Guia MICHELIN Rio de Janeiro e São Paulo. Depois de alguns anos de pausa, o Guia está de volta e nossos inspetores tiveram o imenso prazer de retornar ao Brasil para redescobrir a oferta gastronômica das duas cidades. Desde restaurantes fiéis às raízes brasileiras até aqueles com conceitos mais inovadores ou cozinhas internacionais, as seleções foram conquistadas pelas inúmeras novidades que agregaram. Destacamos também o progresso notável alcançado pelos restaurantes de primeira linha – como evidenciado pela atribuição de duas estrelas MICHELIN a nada menos que três novos estabelecimentos – bem como o compromisso crescente com a gastronomia sustentável, com três restaurantes modelo recebendo uma Estrela Verde MICHELIN – é a primeira vez que esta distinção é concedida no Brasil.”

Três restaurantes recém-premiados com duas estrelas MICHELIN

Com três restaurantes Duas Estrelas MICHELIN, o Guia MICHELIN Rio de Janeiro & São Paulo 2024 duplica o número de restaurantes desta categoria, totalizando seis.


Evvai, São Paulo

Evvai reflete a paixão do chef Luiz Filipe Souza pela comida, pela vida, pela arte e pela natureza. Aos comensais é oferecido um menu degustação único que inclui pratos muito coloridos e saborosos, impregnados de influências brasileiras e italianas, criando uma fusão das duas culturas, para deleite dos hóspedes mais exigentes.


Lasai, Rio de Janeiro

Ir ao Lasai, que tem apenas dez mesas, é como ir a um teatro onde a cozinha é a protagonista. O chef Rafa Costa e Silva interage constantemente com os comensais através de um moderno menu surpresa. Começa com uma variedade de petiscos e inclui excelentes pratos vegetarianos preparados com perfeição e baseados em ingredientes orgânicos sazonais de suas hortas orgânicas no Itanhangá e Vale das Videiras.


Tuju, São Paulo

No novo Tuju, instalado num edifício de três andares, tudo foi pensado pela e para a gastronomia, sendo cada piso do edifício dedicado a uma parte do jantar. Na cozinha, o chef Ivan Ralston combina produtos e sabores sazonais brasileiros (especialmente paulistas) com as técnicas europeias mais contemporâneas. O menu de degustação reflete o foco do chef na criatividade e na pesquisa, e cada composição é determinada pelas condições climáticas de cada estação.


Além destas três novidades que enriquecem a seleção Duas Estrelas, os Inspetores MICHELIN ficaram impressionados com a consistência contínua do D.O.M. (São Paulo), Oro (Rio de Janeiro) e Oteque (Rio de Janeiro) na entrega de experiências excepcionais. Todos mantiveram as suas duas estrelas MICHELIN.

Uma estrela MICHELIN destaca sete novos restaurantes

O Guia MICHELIN 2024 apresenta sete restaurantes recém-premiados com Uma Estrela MICHELIN, sendo seis localizados em São Paulo e um no Rio de Janeiro. Isto eleva para 15 o número total de restaurantes distinguidos com uma estrela MICHELIN.

Os sete novos restaurantes são:


Fama Osteria (São Paulo)

Este restaurante modesto e de localização discreta, dirigido pelo chef Marco Renzetti, tem uma história fascinante, pois começou como um bar ilegal antes de rapidamente se tornar um local de peregrinação para os amantes da comida. O menu degustação é baseado na culinária italiana clássica, com excelentes massas caseiras e risotos memoráveis. Uma particularidade adicional é a utilização do grelhador, que desempenha um papel decisivo em muitos pratos.

Kazuo (São Paulo)

O Chef Kazuo Harada embarca os clientes numa viagem culinária que os leva ao Japão, à China, à Malásia, à Tailândia, à Coreia e até a Índia. Uma das características que o diferencia particularmente de outros restaurantes asiáticos da cidade é a capacidade do chef de criar um fio condutor em pratos que visam apresentar aos gourmets os atributos únicos da cozinha pan-asiática. O menu à la carte, com uma vasta oferta de sushi, sashimi, niguiris, makis ou temakis, é complementado por um menu Omakase, que só é servido no bar gastronômico.


Kuro (São Paulo)

Neste restaurante japonês, o chef Henry Miyamo oferece um menu Omakase exclusivo servido no balcão. Aqui, o famoso grelhador Binchō-tan, que confere um sabor muito especial aos pratos, desempenha um papel fundamental, refletido no sushi grelhado perfeitamente elaborado.


Murakami (São Paulo)

O extrovertido chef Tsuyoshi Murakami, que dirige o seu restaurante homônimo, leva os seus convidados numa viagem gastronômica através de dois menus: o “Experiência Sushi”, que cria pessoalmente; e o “Experiência Murakami”, com um delicioso mix de petiscos, sushi, sashimi, tempura e prato principal Wagyu. Para a sobremesa, delicados Motchis feitos pelo filho do chef do Motchimu encerram perfeitamente a refeição.


Oizumi Sushi (São Paulo)

Ao batizar seu restaurante de Oizumi Sushi, o chef Danilo Maciel quis homenagear a cidade japonesa com maior concentração de imigrantes brasileiros. Aqui, a única opção é um menu único Omakase de 16 pratos, meticulosamente preparado com o peixe fresco do dia, além de uma seleção de outras iguarias que o chef amadurece em um armário especial do restaurante para garantir o máximo sabor.


Sala San Omakase (Rio de Janeiro)

Neste restaurante intimista, localizado no exclusivo bairro do Leblon, o chef André Nobuyuki Kawai busca mostrar o que há de melhor na hospitalidade japonesa. Assim, para além dos conceitos gastronômicos associados a um menu Omakase, os hóspedes podem desfrutar da extraordinária singularidade da cultura japonesa num serviço muito profissional.


Tangará Jean-Georges (São Paulo)

Localizado no luxuoso hotel Palácio Tangará, o Tangará Jean-Georges é comandado pelo prestigiado chef francês Jean-Georges Vongerichten e administrado pelos chefs residentes Filipe Rizzato e Nevsilene Machado. Eles oferecem cozinha internacional séria com pratos contemporâneos que focam principalmente na delicadeza e nos sabores puros. O menu à la carte, com seções específicas dedicadas ao caviar, aos pratos crus e às opções vegetarianas e veganas, é complementado por dois menus de degustação (um dos quais vegetariano).

A Estrela Verde MICHELIN estreia no Brasil

Tal como as famosas Estrelas da seleção de restaurantes do Guia MICHELIN, que indicam estabelecimentos que oferecem excelentes experiências culinárias, a Estrela Verde MICHELIN, lançada mundialmente em 2020, pretende homenagear restaurantes pioneiros e apostados numa gastronomia mais sustentável.


Estes restaurantes oferecem experiências gastronômicas que combinam excelência culinária com compromissos ecológicos excepcionais – e são uma fonte de inspiração tanto para os apreciadores de gastronomia como para a indústria hoteleira como um todo.


Três restaurantes, todos localizados em São Paulo, recebem pela primeira vez a Estrela Verde MICHELIN no Brasil. A Casa do Porco controla toda a cadeia alimentar, do campo à mesa, com rebanhos próprios caipiras de raças suínas brasileiras (Sorocaba, Plau, Canastra, Caruncho e Pereira), todos criados com técnicas sustentáveis. A Corrutela trabalha com produtos orgânicos de agricultores locais, bem como peixe e carne de origem sustentável, e produz a sua farinha no seu próprio moinho. Além da reciclagem, do reaproveitamento de águas pluviais e da compostagem, Tuju utiliza produtos sazonais de pequenos produtores locais, principalmente do estado de São Paulo, e possui um centro de pesquisa que visa dar visibilidade aos produtores que trabalham de forma justa, ética e sustentável.

Doze novos prêmios Bib Gourmand pela relação custo-benefício

Dentro da seleção do Guia MICHELIN, o Bib Gourmand destaca restaurantes que se destacam pela excelente relação qualidade/preço. Muitas vezes considerados as melhores dicas dos inspetores do Guia MICHELIN, os restaurantes Bib Gourmand são particularmente apreciados pelos gourmets que procuram refeições acessíveis, sem comprometer a qualidade dos produtos e da cozinha.


Com 12 novidades na seleção, o total de restaurantes premiados com Bib Gourmand chega a 37 estabelecimentos. Entre os novos restaurantes consagrados, dois estão localizados no Rio de Janeiro – Brota e Sult – enquanto todos os demais estão sediados em São Paulo: A Baianeira – MASP, Capim Santo, Cora, Cuia, Feriae, Kotori, Mocotó Vila Laopoldina, Nomo, Più Higienópolis, Shihoma Pasta Fresca.


Trinta e oito restaurantes são elogiados pelos Inspetores do Guia MICHELIN por sua cozinha de alta qualidade

Além dos estabelecimentos premiados com as famosas Estrelas MICHELIN ou Bib Gourmand, o Guia MICHELIN Rio de Janeiro & São Paulo 2024 também recomenda inúmeros restaurantes cuja culinária de qualidade convenceu os Inspetores. Trinta e oito restaurantes foram adicionados à seleção e juntam-se aos 44 estabelecimentos que os Inspetores Michelin continuam a recomendar. Especificamente, dessas 38 novidades, 15 estão localizadas no Rio de Janeiro e 23 em São Paulo.


Entre eles, há restaurantes que exaltam a gastronomia tradicional brasileira (como NOTIÊ ou Rudä), mas acima de tudo há uma grande variedade de propostas culinárias, com inúmeras opções da culinária japonesa (Haru Sushi, KANOE, Kubo Zushi, Naga, Sushi Leblon, etc.), italiano (Nelita, Paparoto Cucina, Piselli, Simone Ristorante, Vinheria Percussi, etc.), português (Henriqueta), espanhol (Izä), francês (Mesa do Lado), peruano (Ama. zo) ou coreano ( Bicol).

Dois prêmios especiais MICHELIN

Além de recomendar restaurantes de qualidade, o Guia MICHELIN homenageia profissionais talentosos e equipas notáveis ​​que impressionaram particularmente os Inspetores MICHELIN. Dois Prêmios Especiais MICHELIN foram entregues na Cerimônia de 2024.


Prêmio MICHELIN Sommelier – Maíra Freire (duas estrelas MICHELIN restaurante Lasai, Rio de Janeiro)

No restaurante Lasai, Maíra Freire é responsável pela adega. Recebeu o Prêmio MICHELIN Sommelier em reconhecimento ao seu trabalho e dedicação, sempre interagindo com os comensais para explicar de forma interessante e didática as características dos vinhos, muitos naturais e biodinâmicos, bem como todos os detalhes que leva em consideração na hora de selecioná-los.

Prêmio MICHELIN Abertura do Ano – Restaurante duas estrelas MICHELIN Tuju (São Paulo)

Instalado em novo local e iniciado apenas em setembro do ano passado, Tuju impressionou os Inspetores Michelin com uma reabertura de muito sucesso. Nessas novas instalações, que acrescentam outra camada de conforto e luxo, o chef Ivan Ralston encontrou o cenário perfeito para continuar a desenvolver a sua abordagem culinária única e a oferecer experiências excepcionais aos hóspedes.


Todas as recomendações do Guia MICHELIN Rio de Janeiro e São Paulo estão disponíveis gratuitamente no site e aplicativo móvel do Guia MICHELIN.


Os restaurantes são acompanhados pela seleção de hotéis do Guia MICHELIN que apresenta os lugares mais interessantes e imperdíveis para se hospedar no Brasil e no mundo.

Cada hotel do Guia MICHELIN é escolhido pelo seu estilo, serviço e personalidade (com opções para todos os orçamentos) e cada um pode ser reservado diretamente através do site e aplicativo do Guia MICHELIN.

O Guia MICHELIN 2024 Rio de Janeiro e São Paulo em resumo:

140 restaurantes recomendados, dos quais:

– 6 dois restaurantes com estrelas MICHELIN (3 recém-premiados)

– 15 restaurantes com uma estrela MICHELIN (7 recém-premiados)

– 37 restaurantes Bib Gourmand (12 recém-premiados)

– 3 restaurantes MICHELIN Green Star (premiados pela primeira vez)

– 82 restaurantes selecionados (38 adicionados recentemente)
   ‍  
 

   ‍  

   ‍  

   ‍  

Cristina Lira - graduada em Comunicação Social-Jornalismo pela Universidade de Brasília (UnB) é baiana e radicada em Natal (RN), com cidadania portuguesa. Trabalha há mais de 20 anos com o turismo e adora o que faz: escrever, viajar e prestar varios serviços no segmento. Em 2008, criou o blog www.turismocristinaliranatal.blogspot.com, um sucesso, que migrou para o site www.cristinalira.com (Turismo por Cristina Lira). "Desde 2011, organiza o Encontro dos Profissionais do turismo com Cristina Lira (RN), em Natal e que já aconteceu em 7 cidades do Brasil , em Portugal e na Itália. O evento reúne empresários, profissionais do turismo e jornalistas para um momento de aprendizado e network. O próximo pode ser em sua cidade!. Neste espaço divulga as news do turismo do Brasil e do mundo. Confira e mande sua sugestão!
Boa Viagem