BNB deve aplicar R$ 3,5 bilhões para MPEs em 2012

Em 2012, a meta de aplicações do Banco do Nordeste para micro e pequenas empresas é de R$ 3,5 bilhões. No ano passado, a instituição aplicou R$ 2,6 bilhões para MPEs de sua área de atuação, que compreende toda a região Nordeste e mais o norte dos Estados de Minas Gerais e do Espírito Santo. Este montante, distribuído em mais de 106,1 mil operações de crédito, representa um crescimento de 7,7% em relação a 2010.

A instituição acaba de reduzir as suas taxas de juros para as linhas de capital de giro e descontos de duplicatas, que utilizam a fonte interna de recursos (Recin). A redução é ainda maior do que a taxa Selic, definida pelo Comitê de Política Monetária (Copom).

Alinhada com as metas e perspectivas definidas pela Instituição para 2012, a medida visa promover mais oportunidades de negócios, beneficiando principalmente os micro e pequenos empresários. No produto MPE Capital de Giro, por exemplo, houve redução de 2,10% ao ano em relação à taxa anterior, para os clientes com melhor classificação de risco.

Para este ano, com a mudança estabelecida pelo Governo Federal para enquadramento no Supersimples, o segmento de micro e pequenas empresas no Banco do Nordeste passou a englobar também os empreendimentos que faturam até R$ 3,6 milhões por ano – ante os R$ 2,4 milhões que estava vigente até o ano passado. “Mais empresas poderão ser atendidas com as condições e taxas diferenciadas para esse segmento”, informa o Gerente em exercício do Ambiente de Micro e Pequenas Empresas do Banco do Nordeste, Jorge Mendonça.

As MPEs contam com condições diferenciadas de financiamento, como menor taxa de juros (6,75% a.a. para microempresas e 7,25% a.a. para empresas de pequeno porte, além de um bônus de adimplência de até 25% de desconto na taxa de juros, a dependendo da localização do empreendimento) maior limite de participação de recursos do FNE, que pode chegar a 100% dos investimentos do projeto; simplificação da apresentação de propostas de até R$ 200 mil; e programa específico de financiamento (FNE-MPE), menores taxas de juros do mercado para operações de aquisição de matérias-primas e formação de estoque.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.