Alentejo é distinguido pelo New York Times por turismo sustentável

Turismo do Alentejo

Para especialistas do jornal, iniciativas verdes na produção de vinho da região portuguesa são destaque

O Alentejo, maior região de Portugal, recebeu uma importante distinção do jornal norte-americano New York Times. O destino foi incluído na lista “52 Places for a Changed World” (“52 lugares para um mundo transformado”, em tradução livre), que selecionou os destaques ao redor do mundo onde os viajantes podem ser parte da solução para o planeta.

A Agência de Promoção Turística do Alentejo comemora a distinção e reconhece os esforços do destino para um turismo cada vez mais sustentável. “Figurar nesta lista é mais uma confirmação de que estamos no caminho certo, e nos incentiva a continuar trabalhando por um turismo mais sustentável, não apenas na produção de vinhos, mas em todos os aspectos”, afirmou Vítor Silva, presidente da agência.

O Alentejo foi destacado como uma região enoturística onde a produção sustentável de vinhos não é apenas moda, e sim uma questão de sobrevivência. A matéria do New York Times escreveu que o Alentejo tem a maioria dos elementos necessários para a viticultura: sol, solo, diferentes castas de uvas e uma tradição de séculos na produção de vinho. No entanto, faltam chuvas para que as condições sejam perfeitas.

Por isso, em 2015, o Alentejo criou o Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo, com medidas que priorizam a conservação de água e ajudaram as herdades a reduzir o consumo de água em 20%. Algumas, que utilizavam 14 litros de água para produzir um único litro de vinho, diminuíram esse número para 6 litros.

Segundo a matéria, os próximos projetos do programa incluem uma calculadora online para membros medirem sua pegada de carbono e consumo de água, enquanto em 2020 foi criada uma certificação para verificar as vinícolas que seguem iniciativas verdes.

“Essas vinícolas incluem a Herdade de Coelheiros, uma propriedade verdejante com um pomar de nogueiras, uma floresta de árvores de cortiça e um rebanho de ovelhas – uma solução orgânica para o controle de ervas daninhas”, escreveu a jornalista especialista em viagens, AnneLise Sorensen.

Confira a lista completa: https://www.nytimes.com/interactive/2022/travel/52-places-travel-2022.html.

Sobre o Alentejo

Considerado o destino mais genuíno de Portugal, o Alentejo é a maior região do país. Privilegiando um lifestyle tranquilo em que a experiência de viver bem dá o tom, conta com belas praias intocadas e cidades repletas de atrações ímpares, como castelos e monumentos históricos. Detentor de cinco títulos da UNESCO e diversos outros prêmios e reconhecimentos internacionais no setor do turismo, o Alentejo oferece opções para todos os tipos de viajantes, sejam famílias, casais em lua de mel ou aventureiros. A promoção turística internacional do Alentejo é co-financiada pelo Alentejo 2020, Portugal 2020 e pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER). Para mais informações, visite www.turismodoalentejo.com.br.

Cristina Lira Turismo

Cristina Lira - graduada em Comunicação Social-Jornalismo pela Universidade de Brasília (UnB) é baiana e radicada em Natal (RN), com cidadania portuguesa. Trabalha há mais de 20 anos com o turismo e adora o que faz: escrever, viajar e prestar serviços de assessoria de imprensa no segmento. Em 2008, criou o blog www.turismocristinaliranatal.blogspot.com, um sucesso, que migrou para o site www.cristinalira.com (Turismo por Cristina Lira). "Desde 2011, organiza o Encontro dos Profissionais do turismo com Cristina Lira (RN), em Natal e que já aconteceu em 7 cidades do Brasil , em Portugal e na Itália. O evento reúne empresários, profissionais do turismo e jornalistas para um momento de aprendizado e network. O próximo pode ser em sua cidade!. Neste espaço divulga as news do turismo do Brasil e do mundo. Confira e mande sua sugestão!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.