Accor patrocina WTM Latin America 2014


Grupo é líder mundial em operação hoteleira com presença nos segmentos luxo ao supereconômico
A companhia francesa Accor, líder mundial em operação hoteleira e líder de mercado na Europa, novamente será patrocinadora da WTM Latin America, o evento mais internacional da indústria do turismo no continente americano – que será realizado entre os dias 23 e 25 de abril no Transamerica Expo Center, em São Paulo, simultaneamente à 41ª edição do Encontro Comercial Braztoa (Associação Brasileira de Operadoras de Turismo).
“Com um modelo de negócios diversificado e pioneiro para a região, a WTM Latin America facilita o contato profissional com diversos players e oferece oportunidades de reuniões previamente agendadas com compradores internacionais qualificados, o que definitivamente atrai a atenção de nossa empresa”, afirma Emanuel Baudart, Diretor de Vendas, Marketing e Distribuição da Accor América Latina. “No evento, temos a chance de apresentar nossos lançamentos e ferramentas ao mercado, além de fechar bons negócios”, complementa.

A pujança do setor turístico no Brasil, que receberá dois eventos mundiais nos próximos três anos, fez com que 150 hosted buyers – compradores de produtos e serviços turísticos – de todas as regiões do mundo participassem da WTM Latin America 2013 em busca de oportunidades não só no país, como em toda a América Latina. Mesmo com a crise financeira mundial, que afetou o desenvolvimento econômico dos países do globo como um todo, o setor de turismo foi vetor de desenvolvimento das economias. Só nos países da América Latina, o número de desembarques cresceu quase 50% em 10 anos, saindo de 54 milhões em 2003 para os 80 milhões previstos para esse ano. E o Brasil é a principal estrela neste cenário. Não à toa, os olhos do mercado mundial de turismo estão voltados para o país.
“O crescimento econômico de alguns mercados como Chile, Colômbia, México e especialmente Brasil, fez com que muitas multinacionais investissem na América Latina, aumentando assim o fluxo corporativo. Isso aliado à escolha de sediar grandes eventos como a Copa do Mundo 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016 fizeram com que o fluxo de viagens para nossa região aumentasse significativamente”, destaca Baudart.

“Ao todo, foram 60 países expositores na WTM Latin America 2013 – todos de olho no potencial do turista brasileiro, que só em 2012 deixou mais de US$ 22 bilhões mundo afora. Neste ano, a expectativa é que o sucesso da feira será ainda maior, visto que, faltando três meses para o evento, o interesse por parte do mercado já supera muito as expectativas. E a parceria com a Accor, nossa patrocinadora, é fundamental para atingirmos este objetivo”, conclui Lawrence Reinisch, diretor da WTM Latin America.
Mais informações podem ser obtidas em www.wtmlatinamerica.com.
  
Sobre a Accor

Líder mundial em operação hoteleira e líder de mercado na Europa, a Accor está presente em 92 países com aproximadamente 3.600 hotéis e 460 mil quartos. Na América Latina são 230 hotéis em 11 países. O amplo portfólio das marcas hoteleiras da Accor na América Latina – Sofitel, Pullman, MGallery, Grand Mercure, Novotel, Mercure, Adagio, ibis, ibis Styles e ibis budget – oferece uma oferta variada, do luxo ao econômico. Com mais de 160 mil colaboradores no mundo inteiro, o Grupo oferece aos seus clientes 45 anos de experiência em hotelaria. Para maiores informações acesse: www.accor.com.
 Sobre a WTM Latin America e o Encontro Comercial Braztoa
Trazida à cidade de São Paulo pela Reed Travel Exhibitions, após 34 anos de sucesso da feira WTM London, a WTM Latin America 2013 atraiu, ao longo dos seus três dias, mais de 17 mil visitas, entre expositores e visitantes profissionais de turismo do mundo inteiro, que puderam estreitar laços, realizar novos contatos e fechar grandes negócios.
A parceria realizada com a Braztoa (Associação Brasileira das Operadoras de Turismo) resultou no acontecimento do tradicional e bem-sucedido Encontro Comercial BRAZTOA junto da WTM Latin America.
Empresas do Zimbábue, Botswana, Namíbia, Malásia, Tailândia e de vários outros países apostaram na região e vieram mostrar suas ofertas turísticas. Os europeus e norte-americanos, que atualmente recebem a maior parte dos turistas da América Latina, também marcaram forte presença – a exemplo da Alemanha, principal patrocinadora da edição de 2013 do evento, que veio focada em se tornar o primeiro destino dos brasileiros na Europa.

A qualidade e variedade de produtos à disposição na feira impressionaram os compradores. Como resultado, expositores fecharam um grande número de acordos comerciais e muitos já querem aumentar suas participações em 2014. Diversos outros destinos internacionais que querem alcançar os crescentes mercados da América Latina vieram como visitantes para avaliar a feira e, entusiasmados com o que viram, já estão reservando seus próprios espaços para 2014.


Buscando o foco na qualidade de seus compradores a feira trouxe também 150 hosted buyers (compradores convidados) de todas as regiões do mundo, que estavam em busca de oportunidades não só no Brasil – impulsionados também pelos grandes eventos mundiais que serão sediados no país nos próximos três anos – mas em toda a América Latina.

O sucesso da WTM Latin America se deveu também aos seus diferenciais, que haviam sido, até então, pouco explorados por outras feiras no continente – como, por exemplo, o foco tanto no turismo outbound (emissivo) quanto no turismo inbound (receptivo), bem como oportunidades de negócios e atividades específicas para os segmentos de Turismo MICE (Meetings, Incentive, Congresses and Exhibitions) e Corporativo, além do Lazer.

Além de Fóruns dedicados a esses segmentos, a WTM Latin America promoveu e realizou diversos outros eventos paralelos. Na ocasião, mais de 30 palestras, seminários e encontros permitiram que os protagonistas do turismo latino-americano e mundial pudessem discutir os desafios e identificar as melhores oportunidades do setor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.