A Amcham anuncia vencedores do Prêmio ECO 2011

A Amcham concluiu neste início de novembro o processo de avaliação dos trabalhos inscritos para o Prêmio ECO 2011, chegando aos 12 vencedores.

A cerimônia de entrega dos prêmios ocorre em 02/12 na Amcham-São Paulo, tendo como convidada especial a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira.
Os ganhadores estão distribuídos nas duas categorias do troféu: Estratégia, Liderança, Inovação e Sustentabilidade (Elis) e Práticas de Sustentabilidade – esta subdividida nas categorias Sustentabilidade em Produtos e ou Serviços e Sustentabilidade em Processos.
A categoria Elis reconhece os melhores modelos de negócios e estratégias que incorporam a sustentabilidade. Os vencedores foram:
– O Boticário Franchising S.A. (grande porte)
– Walmart Brasil Ltda. (grande porte)
– Pontal Engenharia Construtora e Incorporadora Ltda. (pequeno e médio porte)
– Formatta Negócios (pequeno e médio porte)
Em Práticas de Sustentabilidade/ Sustentabilidade em Processos, ganharam:
– Libra Terminais S.A. (grande porte)
– Walmart Brasil Ltda. (grande porte)
– Cooperativa dos Produtores de Palmito do Baixo Sul da Bahia – Coopalm(pequeno e médio porte)
– Pontal Engenharia Construtora e Incorporadora Ltda. (pequeno e médio porte)
Em Práticas de Sustentabilidade/ Sustentabilidade em Produtos ou Serviços, o reconhecimento foi para:
– Kimberly-Clark Brasil Indústria e Comércio de Produtos de Higiene Ltda. (grande porte)
– Braskem S.A. (grande porte)
– MPX Energia S.A. (pequeno e médio porte)
– Viação Metropolitana Ltda. – VIM (pequeno e médio porte)
Cerimônia
Além da ministra Izabella Teixeira, a cerimônia de premiação terá a participação de Eduardo Wanick, presidente do Conselho da Amcham e CEO da DuPont América Latina, Luciano Penido, conselheiro da Amcham e presidente do Conselho da Fibria, e Guilherme Leal, co-presidente do conselho da Natura e candidato a vice-presidente em 2010 na chapa de Marina Silva, pelo Partido Verde.
Eles comporão um painel público-privado para discutir os desafios da sustentabilidade no Brasil. O jornalista Paulo Henrique Amorim será o mediador.
Já prestigiaram a cerimônia do Prêmio ECO, entre outros, o ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso; a ex-primeira ministra da Noruega e criadora do conceito de Desenvolvimento Sustentável, Gro Harlem Brundtland; Al Gore, vice-presidente dos Estados Unidos na gestão Bill Clinton (1993-2001) e ganhador do Prêmio Nobel da Paz em 2007; e, em 2010, Jeremy Rifkin, economista, mentor da Terceira Revolução Industrial e autor de 17 bestsellers sobre sustentabilidade.
No ano passado, Marina Silva, ex-ministra do Meio Ambiente e então candidata à Presidência da República, também esteve presente.
O prêmio
Lançado pela Amcham em 1982, o Prêmio ECO é pioneiro no reconhecimento de companhias que adotam práticas sustentáveis no Brasil.
Neste ano foram selecionados 12 trabalhos, vindos de 108 projetos de 85 empresas. Dessas, 22 eram pequenas e médias empresas, responsáveis por 24 projetos, enquanto que 63 companhias de grande porte inscreveram 84 trabalhos.
Em relação a 2010, o Prêmio ECO registrou aumento de 32% no total de projetos inscritos.
Um esforço de divulgação em nível nacional envolveu todas as regionais da Amcham, o que se traduziu em projetos inscritos de Estados que nunca haviam participado do prêmio como Ceará, Espírito Santo, Goiás e Mato Grosso do Sul.
Há candidaturas originárias de 13 unidades da Federação, bem acima das oito que concorreram no ano passado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.