Visa destaca três tendências mundiais que impactarão a indústria do turismo até 2025

Haverá aumento significativo no número de viagens internacionais, especialmente na América Latina e Brasil, onde se projeta um crescimento de 42% entre a classe média de 2015 a 2025

– Com o objetivo de proporcionar maior compreensão das tendências mundiais da crescente indústria de viagens e turismo, a Visa Performance Solutions – consultoria da Visa – anuncia os resultados de seu mais recente estudo: “Mapping the Future of Global Travel and Tourism” (Mapeando o Futuro das Viagens e do Turismo Global, em tradução livre), que explora as principais tendências que afetarão o turismo e as viagens em todo o mundo na próxima década. A partir de 2015, o estudo mostra que os gastos médios anuais globais com viagens internacionais girarão em torno de US$1,5 trilhão e US$5.309 por pessoa. Na América Latina, especificamente, estima-se que cada viajante gastará aproximadamente US$4.764 com viagens para fora de seus países. No grupo dos 50 mercados líderes mundiais em gastos no exterior destacam-se seis mercados latino-americanos: Brasil, México, Argentina, Colômbia, Chile e Peru. O Brasil aparece em 9º lugar, com a estimativa de gastos da classe média no total de US$38 bilhões.

Segundo o estudo global, há três tendências representativas impactando as viagens internacionais. A maior facilidade de acesso às viagens internacionais, proporcionadas de forma mais constante desde 2005, fez surgir uma nova e crescente “classe viajante” em todo o mundo. A expectativa é que, até 2025, mais de 280 milhões de famílias viajem para fora de seu país de residência. Outro fator importante é o envelhecimento da população mundial. Durante a próxima década, a expectativa da Visa é que os viajantes com mais de 65 anos de idade serão o segmento mais promissor, com crescimento de 8,4% globalmente e, de 8,6% no Brasil. Por fim, a expectativa é que a conectividade da internet e a infraestrutura de transporte aumentem. A digitalização abre caminho para viagens mais espontâneas e personalizadas, principalmente para viajantes internacionais acostumados a viagens mais breves e itinerários feitos sob medida para as suas necessidades. Em 10 anos, o Brasil estará mais conectado, esperamos ver um salto de 140 telefones celulares para cada 100 habitantes atualmente, para 155, em 2025. O número também é significativo em se tratando de usuários de internet para cada 100 habitantes, vislumbra-se que o número salte de 61, em 2017, para 75 usuários.

“Até 2025, o número de viagens internacionais subirá consideravelmente. Na América Latina, em especial, projeta-se um crescimento de até 16% entre os anos de 2015 e 2025, mantendo a região na vanguarda das tendências”, diz Javier Vázquez, vice-presidente da Visa Performance Solutions para a região América Latina e Caribe. “Além disso, precisamos estar cientes das tendências que estão acelerando o crescimento dessa indústria no mundo todo. Como empresa global de tecnologias de pagamento, a Visa está singularmente apta a analisar os gastos internacionais associados a esse crescimento do turismo”.

Principais dados do estudo:

  • O estudo analisou dados de gastos no exterior em nível global e regional. Da América Latina, destacaram-se os seguintes mercados: Brasil, México, Argentina, Colômbia, Chile e Peru.
  • Estima-se que o gasto com viagens internacionais cresça 5,1% ao ano entre as famílias de classe média latino-americanas com renda a partir de US$20.000, foco do estudo apresentado. O Brasil aparece em 9º lugar, com a estimativa de gastos da classe média no total de US$38 bilhões. No caso de famílias latino-americanas com renda anual igual ou superior a US$150.000, o crescimento esperado será de 3.2%.
  • Na região, estima-se que, até 2025, 9% das viagens internacionais serão realizadas por pessoas com mais de 65 anos de idade. Na média, projeta-se que 6,7% das viagens serão realizadas por  pessoas com mais de 65 anos, ante 4,2% em 2015.
  • Em longo prazo, o envelhecimento dos viajantes transformará a indústria. Uma área que já está em crescimento em decorrência desse envelhecimento é o “turismo médico”. Mais viajantes estão optando por combinar tratamentos médicos com férias.
  • A conectividade digital transformou a forma como exploramos o mundo. A proliferação de dispositivos móveis facilitou o turismo em “tempo real”. Os viajantes consomem cada vez mais as informações disponíveis on-line.
  • Na América Latina, existem 133,1 telefones celulares para cada 100 habitantes e 68 usuários de internet para cada 100 habitantes. No Brasil, existem 140 telefones celulares para cada 100 habitantes e, até 2025, espera-se que sejam 155. O salto esperado também é significativo em se tratando de usuários de internet para cada 100 habitantes, de 61, em 2017, para 75 usuários. Mundialmente, são 114,7 telefones celulares para cada 100 pessoas e 52,5 usuários de internet.

 

Sobre a Visa Performance Solutions

A Visa Perfomance Solutions conta com uma equipe de especialistas globais com décadas de experiência em consultoria no âmbito da estratégia, operacional, do risco e econômico da indústria de pagamentos. Por meio de técnicas de analytics baseadas na rede de pagamentos com mais transações de compras do mundo, a Visanet, a equipe de especialistas viabiliza o acesso a estratégias comprovadas e insights fundamentados em dados que servirão de apoio para atingir os objetivos dos negócios.

Sobre a Visa

A Visa é uma companhia global de tecnologia de pagamento que conecta consumidores, empresas, instituições financeiras e governos em mais de 200 países e territórios com uma moeda digital rápida, segura e confiável. Operamos uma das mais avançadas redes de processamento – a VisaNet – que é capaz de processar mais de 65 mil transações por segundo, com proteção contra fraudes para os consumidores e garantia de recebimento aos comércios. A Visa não é um banco e não emite cartões, não concede crédito ou fixa taxas aos consumidores. As inovações da Visa permitem às suas instituições financeiras clientes oferecer aos consumidores mais opções: pagar agora com o débito, adiantado com o pré-pago ou tempos depois com os produtos de crédito. Para mais informações, visite www.visa.com.br, nossa página no Linkedin ou siga-nos no twitter @VisaNewsBr

Contatos para a Imprensa:

Sabrina Sciama             Paulo Romariz                          Michelle Franco

Visa do Brasil                Visa do Brasil                            In Press Porter Novelli

(11) 2102-0021              (11) 2102-0034                        (11) 3323-1627

(11) 99930-0170            (11) 95048-6085                      (11) 99491-0441

[email protected]        [email protected]           [email protected]

 

Limitação de Responsabilidade

As informações, recomendações ou “melhores práticas” aqui contidas são fornecidas “COMO ESTÃO” e a título meramente informativo e, assim, não devem ser consideradas como uma assessoria de negócio, operacional, de marketing, financeira, jurídica, técnica, fiscal ou de qualquer outro tipo. Ao implementar qualquer nova estratégia ou prática, você deve consultar seu assessor jurídico para determinar as leis e regulamentos que podem ser aplicáveis à sua situação específica. Os custos reais, economias e benefícios resultantes de referidas recomendações, programas ou “melhores práticas” podem variar com base em suas necessidades específicas negociais e nos requisitos do programa. Pela sua natureza, as recomendações não são garantias de desempenho futuro ou resultados e estão sujeitas a riscos, incertezas e suposições que são difíceis de prever ou quantificar. Suposições foram feitas por nós à luz da nossa experiência e nossas percepções de tendências históricas, das condições atuais e dos desenvolvimentos futuros esperados e outros fatores que acreditamos sejam adequados sob a circunstância. Recomendações estão sujeitas a riscos e incertezas, e os resultados e tendencias reais e futuros podem diferir materialmente das suposições ou recomendações. A Visa não é responsável pelo uso que você faça da informação aqui contida (incluindo erros, omissões, imprecisões ou faltas de oportunidades de qualquer tipo) ou por quaisquer suposições ou conclusões que você possa tirar do seu uso. A Visa não oferece nenhuma garantia expressa ou implícita e renuncia explicitamente as garantias de comercialização e adequação a uma finalidade específica, a toda e qualquer garantia de não violação de direitos de propriedade intelectual de qualquer terceiro, qualquer garantia de que a informação irá atender aos requisitos de um cliente ou qualquer garantia de que a informação é atualizada e será livre de erros. Na extensão permitida pela lei aplicável, a Visa não será responsável perante um cliente ou qualquer terceiro por quaisquer danos ou prejuízos previstos em lei, incluindo, sem limitação, danos especiais, emergentes, incidentais ou punitivos, nem quaisquer danos por lucros cessantes, interrupção de negócios, perda de informações comerciais ou outras perdas monetárias, mesmo se tiver sido notificado da possibilidade de tais danos.

 

Categories: Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »