Turistas dos EUA, Argentina e França são os que mais consomem no Brasil, segundo Visa

Com base nas compras realizadas em outros países, pesquisa da Visa Perfomance Solutions mostra que americanos são os que mais gastam em visitas à América Latina

 

A consultoria da Visa, Visa Perfomance Solutions, analisou as compras internacionais nos maiores centros turísticos da América Latina para entender o comportamento do consumo estrangeiro em cada país. O relatório utilizou como base as transações processadas pela Visa que foram realizadas em 2016 no México, Brasil, Porto Rico, Costa Rica, Argentina e Colômbia. Os números mostram que os americanos são os que mais compram na região, sendo o principal turista em todos os listados menos no Brasil, onde empatam com os argentinos.

Por falar em Brasil, os dados da Visa Perfomance Solutions mostram que os principais turistas são da Argentina (22%), EUA (22%) e França (7%) e as cidades mais visitadas no ano passado foram Rio de Janeiro com 23% dos turistas estrangeiros, São Paulo com 19% e Florianópolis com 5%. A pesquisa da Visa também estudou quais setores mais se beneficiaram com o turismo nesse período e, no Brasil, o consumo está concentrado em hospedagem (16%) e restaurantes (8%). Já o turista brasileiro entra na lista dos que mais consomem na Argentina, ficando em segundo lugar, logo atrás dos americanos.

O relatório intitulado “Top Latin American Travel Destinations and Spending Insights” revela ainda que o México não possui nenhum país da América Latina entre os três principais visitantes – com EUA, Canadá e Inglaterra encabeçando a lista. Outro ponto interessante é que Porto Rico, Brasil, Argentina e Costa Rica registraram saques em caixas eletrônicos em média 30% menos do que os demais. Uma razão para isso é que esses países possuem maior aceitação de pagamentos eletrônicos.

“Esses dados reforçam a importância da interoperabilidade dos meios de pagamento para a indústria de turismo. O turista busca cada vez mais conveniência e não se preocupar com a forma de pagar durante uma viagem de lazer ou trabalho. Oferecer a possibilidade de pagamento eletrônico a esse público é  estratégico para o crescimento de todos os negócios relacionados a esse mercado”, conta Alexandre Peyser, diretor Executivo do Visa Performance Solutions para a América Latina.

Veja os dados completos nesse infográfico:

 

Sobre a Visa Performance Solutions – A Visa Perfomance Solutions conta com uma equipe de especialistas globais com décadas de experiência em consultoria no âmbito da estratégia, operacional, do risco e econômico da indústria de pagamentos. Por meio de técnicas de analytics baseadas na rede de pagamentos com mais transações de compras do mundo, nossa equipe de especialistas viabiliza o acesso a estratégias comprovadas e insights fundamentados em dados que servirão de apoio para atingir seus objetivos do negócio.

Sobre a Visa – A Visa é uma companhia global de tecnologia de pagamento que conecta consumidores, empresas, instituições financeiras e governos em mais de 200 países e territórios com uma moeda digital rápida, segura e confiável. Operamos uma das mais avançadas redes de processamento – a VisaNet – que é capaz de processar mais de 65 mil transações por segundo, com proteção contra fraudes para os consumidores e garantia de recebimento aos comércios. A Visa não é um banco e não emite cartões, não concede crédito ou fixa taxas aos consumidores. As inovações da Visa permitem às suas instituições parceiras oferecer aos consumidores mais opções: pagar agora com o débito, adiantado com o pré-pago ou tempos depois com os produtos de crédito. Para mais informações, visite www.visa.com.br, siga-nos no twitter @VisaNewsBr ou no LinkedIN.

 

Limitação de Responsabilidade

As informações, recomendações ou “melhores práticas” aqui contidas são fornecidas “COMO ESTÃO” e a título meramente informativo e, assim, não devem ser consideradas como uma assessoria de negócio, operacional, de marketing, financeira, jurídica, técnica, fiscal ou de qualquer outro tipo. Ao implementar qualquer nova estratégia ou prática, você deve consultar seu assessor jurídico para determinar as leis e regulamentos que podem ser aplicáveis à sua situação específica. Os custos reais, economias e benefícios resultantes de referidas recomendações, programas ou “melhores práticas” podem variar com base em suas necessidades específicas negociais e nos requisitos do programa. Pela sua natureza, as recomendações não são garantias de desempenho futuro ou resultados e estão sujeitas a riscos, incertezas e suposições que são difíceis de prever ou quantificar. Suposições foram feitas por nós à luz da nossa experiência e nossas percepções de tendências históricas, das condições atuais e dos desenvolvimentos futuros esperados e outros fatores que acreditamos sejam adequados sob a circunstancia. Recomendações estão sujeitas a riscos e incertezas, e os resultados e tendencias reais e futuros podem diferir materialmente das suposições ou recomendações. A Visa não é responsável pelo uso que você faça da informação aqui contida (incluindo erros, omissões, imprecisões ou faltas de oportunidades de qualquer tipo) ou por quaisquer suposições ou conclusões que você possa tirar do seu uso. A Visa não oferece nenhuma garantia, expressa ou implícita e renuncia explicitamente as garantias de comercialização e adequação a uma finalidade específica, a toda e qualquer garantia de não violação de direitos de propriedade intelectual de qualquer terceiro, qualquer garantia de que a informação irá atender aos requisitos de um cliente ou qualquer garantia de que a informação é atualizada e será livre de erros. Na extensão permitida pela lei aplicável, a Visa não será responsável perante um cliente ou qualquer terceiro por quaisquer danos ou prejuízos previstos em lei, incluindo, sem limitação, danos especiais, emergentes, incidentais ou punitivos, nem quaisquer danos por lucros cesantes, interrupção de negócios, perda de informações comerciais ou outras perdas monetárias, mesmo se tiver sido notificado da possibilidade de tais danos.

 

 

 

Categories: Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »