SPCVB comemora captações nacionais

Eventos captados com apoio da entidade devem atrair 143 mil participantes e esperam movimentar R$113 milhões com visitantes de 2017 até 2020

 Em novembro, São Paulo irá respirar Direito. Isso, pois, será realizada a Conferência Nacional da Advocacia Brasileira, evento que espera reunir 40 mil profissionais e estudantes do setor e incrementar a economia de São Paulo durante quatro dias. Esse é apenas um dos exemplos de eventos captados com o apoio do São Paulo Convention & Visitor Bureau (SPCVB), em um processo que se iniciou em 2005 e se confirmou em 2016.

O trabalho de captação de eventos é um processo contínuo com resultados que podem ser de curto, médio e longo prazo. Somente em 2017, foram confirmados 11 eventos nacionais para serem realizados até 2018, que esperam atrair 15 mil participantes ao todo, movimentando R$8,3 milhões em serviços com visitantes. De 2017 a 2020, estão confirmados 40 eventos nacionais que foram captados com apoio do SPCVB somando candidaturas finalizadas em anos anteriores, que, juntos, esperam reunir 143 mil participantes e movimentar R$113 milhões em serviços com visitantes durante o período.

 Dos eventos captados este ano, se destacam o NAC Brasil, com 6 mil participantes em setembro; I Festival Internacional do Cacau e Chocolate de São Paulo, com 2 mil participantes em Novembro; e o XXII Congresso Brasileiro de Engenharia Química, também com 2 mil participantes, para 2018.

Foram captados também este ano o X JBQ, da Sociedade Brasileira de Queimaduras; Revolution, da Elsever Institute; XVIII Congresso Brasileiro de Atualização em Neurocirurgia, 2º CONIERGO; 33º Encontro Internacional de Audiologia; Workshop Internacional e VI Congresso Internacional de Stress; INTERCORR 2018 e 4º Congresso Brasileiro de Fisioterapia Dermatofuncional. Em prospecção, seguem 371 eventos nacionais.

“O setor de turismo, eventos e viagens movimenta toda uma cadeia produtiva de mais de 50 segmentos. O SPCVB envida esforços para trazer resultados tanto a curto quanto longo prazo, seja com a captação de eventos, seja com a capacitação do profissionais do bem receber e na promoção do destino. Os recursos da entidade retornam para o destino, desenvolvendo-o constantemente”, detalha o Toni Sando, Presidente Executivo.

Categories: Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »