Santuário Nacional de Aparecida é referência do Turismo Religioso no Brasil

Foto: Thiago Leon

O ano de 2017 é um ano muito especial para a fé católica no Brasil, já que se comemoram os 300 anos do encontro da Imagem de Aparecida.

Ao redor da religiosidade, ao longo dos anos, uma grande infraestrutura de acolhimento foi se delineando no município, especialmente no Santuário Nacional. Para acolher os milhares de devotos que se dirigem ao Santuário, as adequações vão acontecendo anualmente: sanitários, sistema de som para localização de quem se perde, sistema de som dentro da Igreja, adequações de acessibilidade, veículos para translado nos pátios de estacionamento mais distante, entre outros.

Os números impressionam: mais de três mil vagas para carros de passeio, duas mil vagas para ônibus, 602 vagas para bicicletas, 526 vagas para motorhomes e trailers e um receptivo para cavalos, já que a romaria a cavalo também é marca da devoção na Rainha e Padroeira do Brasil. Essas dimensões dão ao estacionamento da Basílica o título de maior estacionamento aberto da América Latina.

A Basílica tem capacidade para cerca de 35 mil pessoas, estando envolvidos nos trabalhos do Santuário, mais de 2 mil funcionários e cerca de 1 mil voluntários, além de religiosos, padres e irmãos que coordenam todas as atividades.

Toda essa infraestrutura se expande a cada ano. Segundo o administrador-ecônomo do Santuário de Aparecida, padre Daniel Antonio da Silva, o Santuário se especializou em “estar sempre pronto”. “Nossa intenção é que o Santuário esteja sempre pronto para acolher os visitantes, independente do dia da semana ou do mês. Queremos que, ao chegar se deparem sempre com um lugar acolhedor para suas orações e experiências de fé”.

Segundo o Ministério do Turismo, o brasileiro apresenta, a cada ano, números mais expressivos em relação ao segmento religioso. Informações publicadas no site oficial turismo.br, informam que dados preliminares do Departamento de Estudos e Pesquisas do MTur dão conta que cerca de 17,7 milhões de brasileiros viajam anualmente pelo país levados pela fé. “Cerca de 10 milhões fizeram viagens sem pernoitar no destino (excursionistas) e outros 7,7 milhões permaneceram pelo menos uma noite no local”, explica o site.

 

Imagem que peregrina pelo País

Desde 2014, já em sintonia com a preparação do Jubileu dos 300 anos do Encontro da Imagem de Aparecida, teve início a peregrinação da Imagem. A primeira Capital a receber a visita foi Cuiabá (MT) e a última Goiânia (GO). No total, mais de 247 Arquidioceses e Dioceses receberam a visita, mobilizando milhões de pessoas para além dos muros do Santuário Nacional.

A intenção é tornar ainda mais conhecida a devoção em Nossa Senhora Aparecida, o que, consequentemente, impactará o turismo religioso ao longo dos próximos anos.

Infraestrutura de Eventos e Hospedagem

Para atender toda a demanda de visitantes, o Santuário de Aparecida tem investido em sua infraestrutura de eventos e hospedagem. Em 2012 inaugurou o Centro de Eventos Padre Vitor Coelho de Almeida, e no mesmo ano o Hotel Rainha do Brasil.

O Centro de Eventos é um espaço multiuso para eventos religiosos, culturais e esportivos. Tem capacidade para 8 mil pessoas e, dentre as atividades que sediou, já foi Centro de Treinamento da Ginástica Rítmica Russa entre os meses de junho e julho de 2016. A equipe ficou hospedada no Hotel Rainha do Brasil, também de propriedade do Santuário, e tinha como espaço de treinos o Centro de Eventos.

Hotel Rainha do Brasil, aliás, se tornou referência de hospedagem para o município e cidades vizinhas. Há um consenso que, após sua inauguração, o nível de hotelaria da cidade vem crescendo muito, já que houve uma necessidade de adequação dos “concorrentes” no sentido de instalações e serviços.

“O Hotel Rainha do Brasil também segue o lema do Santuário de ‘Acolher bem também é Evangelizar’. Nesse sentido, queremos que os hóspedes se sintam muito bem acolhidos, tanto pela estrutura que disponibilizamos, quanto pelo carinho que temos em acolhê-lo também dentro do Santuário Nacional”, explicou padre Daniel.

Os investimentos parecem dar resultados. Pelo menos é o que mostram as avaliações de canais como TripAdvisorBooking.com, entre outros.

Em 2017, comemorações em homenagem à Padroeira começam em setembro

Para este ano em especial, a tradicional Festa da Padroeira que acontece no dia 12 de outubro ganhou mais dois dias: acontecerá nos dias 10, 11 e 12. Na programação além das atividades religiosas estão shows, procissões e a inauguração da Cúpula Central da Basílica.

Mais as comemorações não começam nesta data: a primeira atividade será no dia 8 de setembro com uma Procissão e Vigília Mariana. Neste dia, uma caminhada com os devotos segue de um prédio construído na rua Barão do Rio Branco até a Matriz Basílica, conhecida como Basílica Velha.

O local é simbólico, já que foi a casa de um dos pescadores que abrigou a Imagem Milagrosa após o seu encontro. Ela segue em direção à Matriz Basílica, onde a devoção começou a crescer com as primeiras peregrinações.

Todos os detalhes da programação estão disponíveis no endereço www.a12.com/300anos, no link “programação”.

Categories: Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »