Santander avança 42% no crédito ao agronegócio em 2017

A oferta total de crédito ao agronegócio do Santander avançou 42% em 2017, para R$ 13 bilhões. A conta inclui recursos obrigatórios, livres, Funcafé, BNDES, LCAs (Letras de Crédito do Agronegócio) e CPRs (Cédulas do Produto Rural). Os empréstimos do banco para o produtor rural pessoa física avançaram 52,9%, para R$ 5,239 bilhões. Já para as empresas do setor foram destinados R$ 6,32 bilhões em linhas de crédito, um avanço de 14,3%.

O reforço do Santander para o agronegócio incluiu a inauguração de pontos de atendimento chamados de Lojas Agro, criados com o objetivo de levar a oferta de produtos e serviços do Banco para locais mais próximos do produtor. As cidades contempladas foram Cristalina (GO), Naviraí (MS), Posse (GO), Campo Novo do Parecis (MT), Canarana (MT), Paragominas (PA), Balsas (MA), Primavera do Leste (MT), Unaí (MG), Maracaju (MS), Redenção (PA), Alta Floresta (MT), Mineiros (GO), Nova Mutum (MT) e Vilhena (RO). Até março serão 16 lojas Agro e há previsão de abertura de mais cinco a dez espaços ainda neste ano.

Além das lojas Agro, o banco possui 300 agências vocacionadas ao setor distribuídas por todo o País. Nesses locais, os produtores são atendidos por gerentes especializados e contam com a assessoria de agrônomos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »