RN ganha segundo voo direto Buenos Aires/Natal

 

 

O trabalho de promoção e divulgação
maciça dos destinos potiguares nas principais cidades argentinas desde o início
desta gestão provocou a conquista do voo Buenos Aires-Natal em 2015 e, com a
manutenção e reforço do trabalho promocional, uma segunda frequência foi
viabilizada esta semana e começa a operar já no próximo mês de julho. O Rio
Grande do Norte agora possui opções de voos diretos para Buenos Aires às sextas-feiras
e sábados. As passagens já estão à venda.

 

“Desde o início da gestão detectamos
potencial do mercado argentino e apostamos nele. Participamos de todas as
maiores feiras e eventos do país, produzimos road shows, capacitações.
Investimos aproximadamente R$ 400 mil com recursos do Governo Cidadão e
arrecadamos aproximadamente R$ 17,8 milhões ano passado com o crescimento de
148% no número de turistas argentinos entre 2015 e 2016”, frisou o secretário
estadual de Turismo, Ruy Gaspar.

 

Dados da Superintendência da Polícia
Federal do RN apontam que a Argentina foi o maior emissivo de turistas
estrangeiros em 2016, superando Portugal, que liderou o ranking em 2015. No
total, o Estado potiguar cresceu 12% no mercado internacional, se comparado ao
ano anterior – o único Estado nordestino a registrar crescimento em turistas estrangeiros,
segundo dados recentes divulgados pelo Ministério do Turismo.

 

“Teremos esse segundo voo para alta
temporada de meio do ano. É uma oportunidade para trabalharmos ainda mais nossa
divulgação e manter a frequência também durante a baixa temporada, além, claro,
de buscar outras rotas. Temos alguns encaminhamos para outros voos na América
do Sul e em breve poderemos apresentar mais novidades“, adiantou a presidente
da Empresa Potiguar de Promoção Turística, Aninha Costa.

 

No total, apenas o mercado turístico
internacional no Estado potiguar movimentou mais de R$ 80 milhões no ano de
2016, sendo
R$ 8 milhões superior ao valor deixado pelo turista estrangeiro no
Rio Grande do Norte

Categories: Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »