Presidente da ABIH nacional, Enrico Fermi Torquato é o entrevistado do portal do turismo com Cristina Lira

Enrico Fermi Torquato- presidente da ABIH nacional

Enrico Fermi Torquato- presidente da ABIH nacional

 

1)Qual o melhor restaurante de frutos do mar do Brasil?.

Acho o Camarões em Natal

2)Praia ou campo?

Praia e se possível com agito

3) O que falta no turismo brasileiro?.

Mais divulgação dos nossos atrativos

4) Se pudesse escolher qual país moraria?.

Estados Unidos

5)Se fosse escolher um destino para passar as férias no Brasil, qual seria? e na Europa e no mundo, qual seria?

-Rio de Janeiro e arredores/ Portugal,onde tenho muitos amigos/ Costa Amalfitana,que não conheço ainda.

6) Qual mensagem que daria para quem está começando a vida no turismo?.

Tenha muita força de vontade e determinação.

7)Você faria tudo outra vez, ou queria que sua vida fosse diferente?

Faria tudo outra vez,com alguns ajustes.

8)Qual esporte preferido?

Futebol

9) Como presidente da ABIH nacional, o que os hoteleiros reivindicam para tornar o setor mais competitivo?

Redução da carga tributária só setor,que é a maior do mundo.

10) Porque algumas cidades do país, oferecem diárias tão altas?

Acredito muito na lei da procura e da oferta. Comparam muito as tarifas do Brasil,no período de dezembro e Janeiro, que é altíssima temporada aqui,com as tarifas do hemisfério norte,quando ocorre o pico do inverno e é um período de baixissima temporada por lá. Aí não da certo,não bate.

11)Que ações pretende implantar para gerir neste segundo semestre?

Continuaremos buscando uma melhor capacitação para os colaboradores do setor turístico e aumentando a nossa base de hotéis associados.

12)Qual exemplo você citaria  para quem trabalha no setor?

Depende de que área você quer saber. Se falar-mos da área de vendas,a referência nacional é o amigo Valter Patriani,da CVC. Se falar-mos de gestão de hotéis,eu cito o Roland de Bonadona,ex Accor . Se falar-mos em empreendedorismo,não podemos esquecer o Guilherme Paulus,também da CVC.

Categories: Entrevistas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »