Polinésia Francesa passa a exigir certificado de vacinação de febre amarela

Desde o dia 15 de junho, os passageiros que viajam para a Polinésia Francesa provenientes da África, Bolívia, Brasil, Equador, Guiana, Guiana Francesa, Panamá, Paraguai, Peru, Suriname, Uruguai e Venezuela deverão apresentar, durante o check-in ou antes do embarque, o certificado de vacinação de febre amarela determinado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), a qual deve ser tomada, pelo menos, dez dias antes do embarque. A apresentação é carteira de vacinação é obrigatória.

É importante ressaltar que crianças menores de um ano de idade e passageiros com conexões de até 12 horas e que não tenham deixado a as áreas internas dos aeroportos dos países citados não precisarão apresentar o comprovante de vacinação contra a febre.

A companhia informa ainda que os passageiros com bilhetes para Papeete, na Polinésia Francesa, emitidos até hoje (16/07) e que não tenham o certificado de vacinação contra a febre amarela válido, poderão alterar a data do voo para até 30 dias depois do dia original da viagem (mesma origem e destino) sem cobrança de multas, mas sujeito à disponibilidade de assentos. Clientes que quiserem mudar a data do voo para além dos 30 dias posteriores ao voo original, estarão sujeitos às diferenças tarifárias e vigência do ticket.

Fonte: Latam

Categories: Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »