Nota de esclarecimento sobre realização do Fest Bossa & Jazz 2017

Por respeito ao público e aos músicos, a direção do Fest Bossa & Jazz vem a público esclarecer a situação em que se encontra em 2017.

Considerado um dos maiores festivais do gênero no Brasil, o Fest Bossa & Jazz acontece anualmente no Rio Grande do Norte desde 2010. Com acesso gratuito, o evento é idealizado e produzido pela Juçara Figueiredo Produções e, ao longo desses oito anos, se tornou tradição se firmando como um acontecimento importante para toda região.

Para que tudo aconteça e o público tenha acesso gratuito, o Festival conta com patrocínios diretos, lei de incentivo, apoios e parcerias. Então, todos os anos, costumeiramente, é planejado para que se realize no mês de agosto em Pipa-RN e Natal-RN. Contudo, em 2017, o Fest Bossa & Jazz perdeu um dos seus maiores patrocinadores, a “Oi” – que era patrocinadora através da Lei de Incentivo à Cultura Câmara Cascudo -. E até o momento, aguarda respostas de editais culturais e tenta reverter o quadro buscando novos patrocinadores, embora tenha um pequeno aporte da Secretaria de Turismo – SETUR, através do Governo Cidadão e apoio da Prefeitura local, mas não o suficiente para garantir a sua realização na Praia da Pipa, em agosto.

O Fest Bossa & Jazz cresceu e se tornou um Circuito nesses últimos anos. Desde o seu início, esteve inserido nas Leis de Incentivo à Cultura – Câmara Cascudo e nos últimos quatro anos também enquadrada na Lei Rouanet, mas nunca obteve nenhum patrocinador pela Lei Federal. Neste ano, só contando com a Lei Estadual, depois de ter se tornado um Circuito, não foi possível enquadrar na “Lei Câmara Cascudo”, as quatro cidades (Pipa, Natal, Mossoró e São Miguel do Gostoso) que vinham recebendo o Festival, pois, para abarca-las, o valor ficaria alto.

Afinal, por ser gratuito, não se tem outra receita, além de alguns patrocínios diretos e apoio de parceiros. Sendo assim, Mossoró-RN recebe o evento nos dias 22 e 23 de setembro, porque já conta com a contribuição da SETUR, através do Governo Cidadão, apoio da Prefeitura e por ter empresas que podem investir por meio da Lei Estadual Incentivo à Cultura Câmara Cascudo. As demais cidades ficam na incerteza e esperança de uma confirmação e data.

Categories: Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »