Mais de 370 mil potiguares e de 82 mil turistas movimentaram R$ 40,3 milhões no Carnaval de Natal 2017, dizem Fecomércio RN e Prefeitura

Pesquisa aponta redução de 25% no gasto diário dos turistas sobre 2016, mas incremento de 50 mil pessoas no público fez recursos totais movimentados serem 3% maiores este ano

 

O presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Fernandes de Queiroz, e o prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, concederam entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira, 22.03, no Palácio Felipe Camarão, quando apresentaram os resultados da pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Comércio da Fecomércio RN (IPDC/Fecomércio RN).

A pesquisa traçou o perfil dos foliões que frequentaram o Carnaval Multicultural de Natal em 2017, como também detalhou os gastos realizados pelos participantes durante a festa. Ao todo foram realizadas 601 entrevistas, no período de 23 a 28 de fevereiro, em todos os polos do evento.

Com um público total estimado em quase 453 mil pessoas (informado pela Prefeitura de Natal), o IPDC estimou uma movimentação financeira de pouco mais de R$ 40,3 milhões (alta de 3,32% em relação a 2016). Com público estimado de 392 mil pessoas em 2016, e 325 mil pessoas em 2015, a mesma pesquisa apontou movimentação financeira de pouco mais de R$ 39 milhões em 2016; e de mais de R$ 54 milhões em 2015.

Com relação ao gasto médio diário dos participantes, o natalense gastou nos dias de festa, R$ 61,52; já o turista desembolsou R$ 213,20. Em 2016, os valores médios diários gastos pelos natalenses e turistas foram R$ 60,23 e R$ 285,26; e em 2015, R$ 82,12 e R$ 295,67 (natalenses e turistas, respectivamente).

“Pelo terceiro ano consecutivo nós fomos às ruas com o intuito de traduzir em números a percepção que todos nós já temos desde que o prefeito Carlos Eduardo e sua competente equipe decidiram apostar na revitalização desta importante festa popular: a de que muito mais do que o resgate da autoestima do natalense, a retomada do carnaval em nossa cidade tem impactos diretos e consideráveis na nossa economia. Os números da pesquisa mostram, claro, que a crise econômica pela qual passa o país teve reflexos nos valores movimentados. Mas também ratificam a consolidação do evento”, afirmou o presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Queiroz.

De acordo com a pesquisa, o público do Carnaval 2017 foi composto em sua maioria por homens (58,2%); da faixa etária entre 25 e 34 anos (29,1%); 81,8% de nativos. Em 2016, 55,9% eram homens; 34,2% estavam inseridos na faixa etária entre 25 e 34 anos; e 84,8% eram nativos. Um dado que chamou a atenção, foi o crescimento de pouco mais de 5 pontos percentuais, em 2017 com relação a 2016, de pessoas inseridas na faixa etária entre 45 e 59 anos – 20,4% em 2016 para 25,3% em 2017. Entre os visitantes, o estado que mais enviou turistas para o Carnaval de Natal foi Pernambuco, com uma estimativa de 5,7% de participantes em 2017 (em 2016, os pernambucanos eram 2%), número que quase triplicou.

Entre os motivos pelos quais as pessoas entrevistadas resolveram passar o Carnaval em Natal, 24,2% responderam que as atrações musicais eram o principal interesse. Em 2016, as atrações musicais foram o motivo alegado para que 40% do público ficasse na cidade. O destaque para este item ficou por conta do crescimento de quase quatro vezes no número de pessoas que alegaram ficar em Natal para poder economizar – 4,4% em 2016 para 15,3% em 2017.

Com relação à avaliação que as pessoas fizeram do evento, a nota média de 2017 manteve-se praticamente estável com relação ao ano passado, passando de 8,5 para 8,6. Quando perguntados se recomendariam o evento a outras pessoas, 95,3% disseram que sim (contra 94,6% em 2016); e 73,4% pretendem voltar em 2018 (contra 74,6% da pesquisa passada).

“Os dados da pesquisa da Fecomércio revelam que estamos no caminho certo. Podemos dizer que conseguimos trazer de volta o carnaval de Natal, que a festa está consolidada. Foram 320 shows, 835 bandas de frevo, 1.155 músicos, sendo 95% de artistas potiguares. E para 2018 vamos planejar a festa desde as prévias até a Quarta-feira de Cinzas”, comemorou o prefeito Carlos Eduardo Alves.

A íntegra da pesquisa está disponível no www.fecomerciorn.com.br/pesquisas.

Categories: Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »