III Gramado in Concert começa sexta-feira (03) com programação inteiramente gratuita

 

Evento acontece de 03 a 12 de fevereiro em Gramado

Gramado inspira música. Em diversos pontos da cidade, as paisagens, a população e o clima gramadense constroem o cenário ideal para um festival internacional de música como o Gramado in Concert, que, pelo terceiro ano, oferece ao público uma programação inteiramente gratuita. De 03 a 12 de fevereiro, a música erudita volta a ser a trilha sonora da cidade com orquestras, bandas sinfônicas, grupos de câmara e solistas que, sob a direção artística do trio Allan John Lino, Leandro Serafim e Linus Lerner, trazem música de alto nível para a Serra Gaúcha com atrações locais, nacionais e estrangeiras.

Para 2017, o Gramado in Concert proporciona mais um momento de integração e troca artística entre participantes e plateia, apresentando um mosaico de talento das mais diferentes modalidades musicais. Além das apresentações abertas ao público em locais emblemáticos de Gramado como a Rua Coberta, a Praça das Etnias, Igreja Matriz São Pedro e o Lago Negro, o evento agora democratiza ainda mais a sua música adicionando novos locais à programação: Capela São José Operário, Hospital São Miguel, Instituto Santíssima Trindade e Casa de Repouso Vovó Doralina, buscando aproximar a comunidade local a esse estilo musical.

O Gramado in Concert consolida seu caráter pedagógico ao dar continuidade às oficinas para estudantes com renomados e experientes professores do Brasil e do mundo. Na terceira edição, 283 alunos que farão uma verdadeira imersão a partir de aulas e master classes ministradas por músicos brasileiros e estrangeiros de países como Inglaterra, Estados Unidos e Coreia do Sul. Em comparação à primeira edição, o número de alunos aumentou 85%.

Para o Secretário de Turismo de Gramado, Edson Néspolo, “o Gramado in Concert, em sua terceira edição, cresceu em abrangência e tem tudo para se constituir como um dos importantes eventos de Gramado. Ressalto a importância do aspecto pedagógico, pois ele oportuniza aos alunos formação musical da mais alta qualidade, com professores de nível internacional, além de propiciar à comunidade em geral e aos turistas dez dias de encantamento por meio de música erudita e popular com larga programação – serão 41 espetáculos em diversos locais -, todos gratuitos”.

Programação

Durante dez dias, a música erudita toma conta de Gramado em uma programação intensa e diversificada. Um dos destaques é a Orquestra Juvenil do Sodre, do Uruguai, que, com a presença de mais de 5o músicos, realiza duas apresentações: dia 8 de fevereiro, às 20h, no Expogramado, e dia 12 de fevereiro, às 11h, na Rua Coberta, encerrando a programação do III Gramado in Concert.

O evento também terá como músico residente o conceituado violinista coreano Edwin So Kim que solará, no concerto do dia 11 de fevereiro, às 19h, no Expogramado, o Concerto para Violino Op. 35 em D maior de Piotr Ilyich Tchaikovsky. O violista norte-americano Brett Deubner vem novamente à Serra como solista e professor, além de realizar uma nova master class aberta ao público no hotel Master Premium. A programação ainda traz grandes óperas como “A Força do Destino”, de Giuseppe Verdi.

Concurso de Música Erudita consagra talento de 21 anos

O compromisso do Gramado in Concert com a classe musical também se dá pela realização da segunda edição do Concurso de Música Erudita. O vencedor, além de receber o troféu Cosmos e prêmio em dinheiro de R$ 5 mil, viaja a Gramado com as despesas pagas para acompanhar a execução de sua obra, sob regência do maestro internacional Linus Lerner, no dia 11 de fevereiro, às 19h, no Expogramado. Em 2017, o vencedor é o gaúcho Daniel Lumertz, de 21 anos, estudante do quinto semestre de música na UFRGS.

Sua composição “Volátil”, que homenageia a diversidade e a inconstância das grandes cidades, conquistou a comissão avaliadora do evento formada pelos brasileiros Linus Lerner, Fernando Lewis de Mattos e Fernando Deddos, pelos norte-americanos Richard White e Michael Kiefer, e pelo francês Yves Bouillot, todos eles maestros e ou compositores com reconhecimento em suas áreas de atuação. A seleção destacou a composição em um universo de 19 obras sinfônicas vindas de sete estados brasileiros.

Cosmos, o troféu oficial do Gramado in Concert

Uma das novidades do III Gramado in Concert é a criação de um troféu oficial para o evento. A distinção, que será entregue, a partir desta edição, aos vencedores do Concurso de Música Erudita, é assinada pela artista plástica Débora Irion. Batizada de Cosmos, a peça é feita em metal dourado e prateado nas dimensões 30 cm x 13 cm x 8 cm. Com exposições em países como Chile e Colômbia no currículo, Débora, que trabalha com esculturas desde 1997, venceu o concurso do Gramado in Concert que reuniu artistas locais para criar a distinção oficial do evento.

Quando pensou na proposta de unir símbolos que representassem a música e a cidade, a artista procurou incorporar a ideia da música como uma arte universal tanto para a cultura quanto para o turismo de Gramado. “Usei a pauta musical por ela obviamente ser inerente a todos os músicos e a coloquei em posição vertical para que, com visão artística, representasse visualmente um maestro diante de sua orquestra e seu público. Além disso, a escultura culmina no elemento hortênsia em dourado, com floquinhos prateados que seriam a neve, ambos abraçados por essa pauta-maestro, onde os símbolos de Gramado representam as duas estações mais expressivas do ano na cidade”, conta.

Gramado inspira música na campanha do III Gramado in Concert

Assinada pela Pro>Target, de Novo Hamburgo, a campanha da terceira edição do evento destaca a música erudita em cenários gramadenses, levando o título de “Gramado Inspira Música”. “O conceito partiu de uma verdade: Gramado inspira as pessoas. A natureza, a arquitetura, o clima, tudo parece combinar com música”, explica Ricardo Piagetti Müller, diretor de criação da Pro>Target. Para a criação da campanha, foram pesquisadas músicas clássicas que conversassem com pontos turísticos da cidade.

O “Lago dos Cisnes”, de Tchaikovsky, por exemplo, serviu de inspiração para fotografar Ástrid Kehl Godoi, integrante da Orquestra Jovem de Gramado, em um dos cenários mais emblemáticos da cidade: o Lago Negro. “Ave Maria”, de Mozart, foi a referência para colocar o diretor da Orquestra Sinfônica de Gramado Allan John Lino em frente à Igreja Matriz São Pedro. Já o clássico “Abertura”, de Beethoven, foi o pano de fundo para Heitor Knorst, integrante da orquestra sinfônica de Gramado, posar em frente ao pórtico de entrada da cidade.

 

SERVIÇO

III Gramado in Concert – Festival Internacional de Música

De 03 a 12 de fevereiro, em diversos pontos de Gramado

Programação inteiramente gratuita

Programação completa e mais informações no site www.gramadoinconcert.com.

Categories: Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »