Governo Irlandês anuncia novas regras para residência no país

Novo certificado substitui o GNIB Card

Os brasileiros que planejam fazer um intercâmbio para a Irlanda precisam ficar atentos para as novas regras do governo Irlandês em seus processos de visto para permanência no país. Desde o dia 11 de dezembro de 2017, o então certificado de registro, conhecido como GNIB Card, foi substituído por um novo certificado, o chamado Irish Residence Permit – IRP.

Essa mudança vai afetar qualquer cidadão não europeu que tenha intenções de permanecer no país por um período superior a 90 dias. “Diferentemente dos outros países, que exigem visto prévio ao embarque, o estudante brasileiro que vai permanecer por um período superior a 90 dias, tem 30 dias após sua entrada no país para obter o registro IRP”, explica Mariana Carone, gerente de produtos da Global Study.

O primeiro passo para conseguir o IRP é agendar online, ainda no Brasil, uma entrevista para comparecer à imigração da cidade onde se vai permanecer durante sua estada no país.

Com toda a documentação necessária em mãos e a comprovação de €3.000,00 mil euros, preferencialmente através de extrato de um cartão de viagem, como VTM, o estudante deverá comparecer à entrevista previamente agendada.

Também é preciso ter em mãos passaporte válido com período superior a seis meses, carta de matrícula da escola e a comprovação de que o curso está quitado.

Nesse processo é fundamental contar com a ajuda de uma agência de intercâmbio. A obtenção do visto é um procedimento simples, mas que possui regras claras e exige atenção. Portanto, é importante contar com um atendimento personalizado. “Aqui na Global Study, nossa prioridade é o aluno. Desde o primeiro contato, guiamos o cliente para que ele tenha as melhores informações e para que tome a decisão do intercâmbio levando em consideração todos os detalhes da escolha. Nosso suporte é permanente e vai desde o pré-venda até o pós-embarque”, garante Mariana.

O estudante receberá o seu IRP assim que se registrar junto à imigração. O processo de emissão do IRP é diferente para registros feitos dentro e fora de Dublin. No escritório de imigração em Dublin, o IRP será enviado pelo correio para o endereço de residência e deve chegar dentro de cinco a dez dias úteis, estimados. Para registros fora da capital, o oficial de imigração vai agendar hora e data para que o estudante retorne e retire o IRP. O documento custa €300,00 euros.

Para os estudantes que já possuem o GNIB Card, o mesmo não precisa ser substituído enquanto tiver validade. Caso o estudante queira renovar sua permanência, aí sim, será necessário tirar um novo IRP, uma vez que o GNIB deixou de ser emitido.

Sobre a Global
www.globastudy.com.br
Em operação desde 2007, a rede tem como missão democratizar o acesso ao intercâmbio, oferecendo condições especiais para quem pretende viver uma experiência no exterior. “É cada vez mais comum, as empresas priorizarem candidatos com vivência internacional em suas seleções. Por isso, fazer um intercâmbio é um investimento essencial para quem pretende dar um upgrade na carreira, seja aprimorando seus conhecimentos em um idioma, seja adquirindo a tão requisitada experiência no exterior. Para aqueles que estão adiando esse sonho a Black Week surge como uma oportunidade e tanto”, comenta Flávio Imamura, sócio fundador da Global Study

Categories: Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »