Festival de cinema do RN termina com exibição gratuita de mais de 40 filmes

Filme ‘Açúcar’ foi o grande vencedor da noite

A primeira edição do Cine Fest RN foi encerrada na noite do dia 29, com a entrega dos troféus e premiações aos vencedores do concurso fotográfico e das mostras competitivas de cinema, além da exibição do filme Cinema Novo. A solenidade aconteceu no Cinemark do shopping Midway Mall e contou com a presença do ator global Anselmo Vasconcelos e do crítico de cinema Rubens Ewald Filho, presidente do júri oficial do festival.

Ao longo de um mês de atividades, o Cine Fest RN promoveu nove dias de mostras itinerantes nas zonas Sul e Norte de Natal e na praia de Pipa. E ainda seminário com representante da Ancine, oficina para 80 aspirantes de atores de TV e cinema com o ator Anselmo Vasconcelos, mostra fotográfica e exposição de máquinas raras de cinema, além da exibição de mais de 50 filmes gratuitos, sendo mais de 40 na telona do cinema.

“Cumprimos o objetivo sociocultural e de divulgação do nosso Estado com o evento. Ainda é uma primeira edição. O Cine Fest RN entrará no calendário dos grandes festivais de cinema do país”, comentou o secretário estadual de Turismo, Manuel Gaspar. “Um dos grandes méritos do nosso festival foi colocar o audiovisual potiguar na tela do cinema. Mas temos muito a crescer e vamos”, completou o coordenador do Cine Fest RN, Edson Soares.

O Cine Fest RN foi uma realização da produtora Engady Cine Vídeo e do Governo do Estado por intermédio da Secretaria de Turismo (Setur RN), com recursos do Governo Cidadão por meio de acordo de empréstimo com o Banco Mundial.

O evento recebeu aproximadamente 1350 pessoas entre os dias 24 e 29 de abril, no Cinemark. E ainda mais 650 nos nove dias de mostras itinerantes no Cinépolis do Norte Shopping e do Natal Shopping e na Pracinha do Pescador, em Pipa. Boa parte do público presente às exibições foi constituído de estudantes da rede pública de ensino e muitos deles tiveram a oportunidade de estar primeira vez numa sala de cinema.

CONCURSO FOTOGRÁFICO

O concurso fotográfico Turismo e Cultura no Elefante recebeu 144 fotografias inscritas. Um júri especializado selecionou 12 para a mostra fotográfica que permanece até hoje (30) no espaço de exposições Cine Fest RN, no terceiro piso do Midway. E destas 12, três foram as mais votadas pela votação composta pelo júri oficial e pelo voto popular.

1º lugar: Vaqueiro do Seridó, de Alex Gurgel – Prêmio de R$ 3 mil

2º lugar: A Caminho de Casa, de Delson Cursino – Prêmio de R$ 1,5 mil

3º lugar: Caverna do Crote, de Heráclio Patrício – Prêmio de R$ 1 mil

MOSTRA COMPETITIVA DE FILMES

CURTAS NACIONAIS

Melhor Curta Nacional

– Vestido de Myriam (de Lucas Rossi) – Prêmio de R$ 3 mil

Menções honrosas

– Ao Final da Conversa Eles se Despedem com um Abraço (de Renan Brandão)
– Quando Parei de me Preocupar com Canalhas (de Tiago Vieira)

LONGA-METRAGEM

Melhor Filme

– Açúcar (de Renata Pinheiro e Sérgio Oliveira) – Prêmio de R$ 5 mil

Melhor Diretor

– Affonso Uchoa e João Dumans (filme Arábia) – Prêmio de R$ 3 mil

Melhor Ator

– Aristides Sousa (filme Arábia) – Prêmio de R$ 3 mil

Melhor Atriz

– Maeve Jerkins (filme Aç~ucar) – Prêmio de R$ 3 mil

Menção Honrosa

– Na categoria Melhor Ator, para Olavo Bessa, de O Mistério das Noites Brancas

CURTA-METRAGEM POTIGUAR

Melhor Curta

– Nada Foi em Vão (de Sihan Félix) – Prêmio de R$ 3 mil

Melhor Diretor

– Vlamir Cruz e Júlio Castro (pelo filme Em Torno do Sol) – Prêmio de R$ 2 mil

Melhor Roteirista

– Rui Lopes (pelo filme Cabra de Peia) – Prêmio de R$ 2 mil

Melhor Ator

– Kaiony Venâncio (pelo filme Insustentável) – Prêmio de R$ 2 mil

Melhor Atriz

– Tony Silva (pelo filme Baobá do Poeta) – Prêmio de R$ 2 mil

Menção Honrosa

– Paulo Dumaresq (pelos filmes Catarro e Athayde)
– Filme Luzia (de Diego Pereira)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »