Feriado prolongado traz quase 12 mil pessoas à Itaipu e supera expectativa de visitação

Durante os quatro dias do feriadão (12 a 15 de outubro), 11.795 visitantes passaram pelos atrativos do lado brasileiro da binacional. O número ficou bem acima da projeção do Complexo Turístico Itaipu, que esperava receber 8.500 pessoas

O número de turistas que esteve em Itaipu durante o feriado prolongado da Padroeira do Brasil (12 a 15 de outubro) superou as previsões do Complexo Turístico Itaipu (CTI). Pelo lado brasileiro da usina passaram 11.795 visitantes, quase 40% a mais do que a projeção inicial, de 8.500 pessoas. Durante o período, houve saídas extras para os principais atrativos, como a Visita Panorâmica, e reforço nas equipes do CTI.

O dia de maior movimento foi sábado (14), quando Itaipu recebeu 4.372 pessoas. Na quinta-feira (12), Dia de Nossa Senhora Aparecida, foram computados 2.661 visitantes. A sexta-feira (13) contou com 3.149 turistas. Já o domingo (15) terminou com 1.613 visitas à usina. Os números não consideram as visitas institucionais ou as recebidas pela margem paraguaia da empresa.

Em 2016, o Complexo Turístico Itaipu recebeu 7.885 pessoas entre os dias 12 e 16 de outubro. A diferença é que, no ano passado, o feriado de 12 de outubro caiu em uma quarta-feira, fator que dificulta as folgas emendadas e viagens mais longas dos brasileiros.

Cataratas e ocupação hoteleira

No Parque Nacional do Iguaçu, que dá acesso ao lado brasileiro das Cataratas, foram 33.614 visitantes entre a última quinta-feira (12) e o domingo (15). Somente no sábado (14), passaram pelo atrativo 10.009 pessoas.

O grande movimento turístico em Foz também teve reflexo no setor hoteleiro da cidade. Pesquisa do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares (SindHotéis), feita nove dias antes do início do feriadão, já apontava uma taxa de ocupação de 89% dos leitos disponíveis na cidade.

A Itaipu

Com 20 unidades geradoras e 14.000 MW de potência instalada, a Itaipu Binacional é líder mundial na geração de energia limpa e renovável, tendo produzido, desde 1984, mais de 2,4 bilhões de MWh. Em 2016, a usina retomou a liderança mundial em geração de energia, com a marca de 103.098.366 MWh gerados. A hidrelétrica é responsável pelo abastecimento de 17% de toda a energia consumida pelo Brasil e de 76% do Paraguai.

______________

Categories: Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »