Dia das Mães impulsiona mercado de chocolates no Brasil

Com a proximidade da data, o hábito de presentear assegura movimentação comercial também do setor de chocolates no Brasil

 

– Não é de hoje que o chocolate passou a ser uma boa opção de presente e isso acontece também Dia das Mães, uma das principais datas de vendas no varejo, ao lado de Páscoa e Natal.

Segundo pesquisa realizada pela Conecta/Ibope, encomendada pela Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Cacau, Amendoim e Balas (ABICAB), 23% dos entrevistados que costumam presentear com produtos de chocolate, o fazem exatamente no Dia da Mães.

Comunicado divulgado recentemente pela CNC, Confederação Nacional do Comércio, prevê que R$9,4 bilhões devem ser movimentados pela data em 2018, projeção 4,3% maior se comparado a 2017. Segundo a instituição, o otimismo deve-se à baixa na inflação.

Segundo o presidente da Abicab, Ubiracy Fonseca, a indústria de chocolates está otimista para 2018 e o Dia das Mães é uma grande data tanto para a indústria quanto para o varejo, já que presentear com chocolates tornou-se um hábito do brasileiro. “A variedade de chocolates é imensa, temos produtos de excelente qualidade e hoje as indústrias já oferecem opções muito interessantes para atender a todos os perfis de Mães. Quem gosta de presentear com chocolates certamente encontrará boas opções”, informa Fonseca.

Sobre a ABICAB

A Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados (ABICAB), fundada em 1957, representa os maiores fabricantes do país junto às esferas pública e privada, no Brasil e no exterior. A indústria nacional representa em valor de venda R$ 25 bilhões, gerando mais de 42 mil empregos diretos e é considerada uma das maiores do mundo neste setor, sendo amplamente reconhecida pela qualidade e segurança de seus produtos. A ABICAB existe para desenvolver, proteger e promover as indústrias associadas, com o objetivo de estimular o consumo responsável. Atualmente, a entidade engloba a cadeia produtiva brasileira, representando 92% do mercado de chocolates, 93% do mercado de balas e confeitos, 62% do mercado de amendoim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »