Consagração dos rios brasileiros marca abertura da Novena da Padroeira

Foto: Victor Hugo Barros

 

Amostras de 77 rios de todo o país serão apresentadas e consagradas à Nossa Senhora Aparecida no próximo domingo (1º) às 19h. A data marca o início da Novena Solene em preparação à Festa da Padroeira. O momento será antecedido por uma procissão fluvial realizada pela Marinha do Brasil. O trajeto terá início no Bosque da Princesa, em Pindamonhangaba (SP) às 14h. A previsão é de que a chegada em Aparecida (SP) aconteça às 16h no Porto Itaguaçú, local do encontro da Imagem em 1717.

A representação da Marinha em todo o território nacional foi responsável pela coleta nas bacias hidrográficas dos rios Amazonas, São Francisco, Tocantins-Araguaia, Paraná, Paranaíba, Uruguai, Paraguai, Atlântico Nordeste Oriental, Atlântico Nordeste Ocidental, Atlântico Leste e Atlântico Sudeste, reunindo amostras de 79 rios. A primeira coleta de água foi realizada no rio Amazonas, no dia 21 de março, pelo Arcebispo Ordinário Militar do Brasil, Dom Fernando Guimarães.

O trabalho que durou três meses envolveu as diversas representações da Marinha Brasileira, conforme explica o capelão do órgão, padre Luiz Carlos Cardoso de Diniz. “Do Norte ao Sul do país, cada capitania realizou essa coleta, que depois foi conduzida para o 8º Distrito Naval, em São Paulo, que guardou as águas e trouxe ao Santuário Nacional.”, conta o religioso, responsável por conduzir as águas coletadas para o maior templo mariano do mundo.

Tanto esforço adquire um significado especial para o Santuário, já que a Imagem de Nossa Senhora Aparecida foi encontrada no rio Paraíba do Sul. “Para nós significa acolher o Brasil em cada porção dessa água. Em cada frasco nós temos um pouquinho do nosso Brasil. Maria aqui neste Santuário nos ensina isso, ela veio das águas, as águas que para nós tem um sentido muito importante, pois é pelas águas do batismo que nascemos para uma vida nova.”, destaca o prefeito de igreja do Santuário, padre Rodrigo Arnoso.

Durante a Novena, os frascos com a água dos rios e as terras das capitais brasileiras irão compor a decoração do trono da Imagem de Nossa Senhora. Ao fim das festividades, as amostras serão expostas pelo Museu do Santuário Nacional como recordação dos 300 anos do encontro da Imagem de Aparecida.

Categories: Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »