CLIA e Brasil Convention assinam parceria promocional

 

CLIA BRASIL e Brasil Convention Bureau assinaram, na última terça-feira (10/10), um acordo de parceria, com o intuito de desenvolver os Cruzeiros Marítimos nos destinos, atraindo mais navios e turistas para as regiões.

 

A ação conjunta entre as entidades se deu pelo fato de que a maior parte dos portos brasileiros que receberão os sete navios da temporada 2017/018 são destinos integrantes do Brasil Convention, como Santos, Cabo Frio, Angra dos Reis, Salvador, Ilhabela, Ubatuba, Itajaí, Balneário Camboriú, além de Manaus, onde existem mais de 30 escalas dos navios de passagem e longo curso.

 

O convênio, que contou com a presença de Marco Ferraz, presidente da CLIA Brasil,  Renê Hermann, presidente do Conselho de Administração da CLIA Brasil, e Márcio Santiago, presidente do Brasil Convention, traz, entre suas possibilidades ainda em desenvolvimento, a criação de um aplicativo com os atrativos locais, facilitando o acesso às opções de passeios, restaurantes, compras, entretenimento, entre outras coisas. Um verdadeiro guia online e interativo para os turistas.

 

“O setor de cruzeiros espera embarcar 427 mil pessoas na próxima temporada e sabemos que o impacto econômico desses turistas nos locais por onde os navios passam é grande. Segundo o estudo feito anualmente pela CLIA e pela FGV, na temporada 2016/2017, cada viajante gastou, em média, R$ 559,80 nas cidades de escala. Logo, trazer benefícios para os cruzeiristas pode gerar bons resultados, tanto para o setor, quanto para a economia local”, disse Marco Ferraz, presidente da CLIA Brasil.

 

Vale ressaltar que, na temporada 2016/2017 foram gerados 25.279 postos de trabalho na economia brasileira, por meio dos Cruzeiros Marítimos. Do total de empregos criados pelo segmento, 1.935 foram de tripulantes dos navios e outros 23.344 empregos diversos, de forma direta, indireta e induzida, motivados pelos gastos dos turistas nas cidades portuárias de embarque/desembarque e visitadas, além dos gerados na cadeia produtiva de apoio ao setor.

Categories: Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »