CHEGOU A HORA DO TURISMO BRASILEIRO SER VISTO COMO INDÚSTRIA

Em evento internacional da Aviação Civil, o presidente da Embratur, Vinicius Lummertz, defende o fortalecimento do setor para a competitividade no turismo mundial

Presidente da Embratur, Vinicius Lummertz, no seminário Landings Latin America desta sexta-feira, no RJ

Ao abrir o seminário “transporte aéreo e a economia do turismo na América Latina”, o presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Vinicius Lummertz, disse nesta sexta-feira (31) que chegou a hora de mudanças nos setores econômicos, entre eles, o turismo, para romper barreiras que coloquem o Brasil dentro das cadeias produtivas internacionais. O encontro faz parte da programação do evento IBAS – International Brazil Air Show 2017, que é realizado de 29 de março a 02 de abril, no Aeroporto RIOGaleão, Rio de Janeiro.

“O nosso desafio é dar mais competitividade ao mercado nacional e fazer com que o turismo seja visto como indústria. Temos uma necessidade urgente de mudanças no setor, para enfrentarmos a corrida mundial do turismo. A transformação da Embratur em uma agência nos moldes da APEX-Brasil é uma das principais ações de mobilidade para trabalharmos e atuarmos melhor na promoção da imagem do Brasil no exterior, com o objetivo de atrair ainda mais turistas estrangeiros”, destacou o presidente da Embratur.

Os debates desta sexta-feira no evento giraram em torno das necessidades para o desenvolvimento de uma aviação sustentável e competitiva no Brasil. Entre as questões levantadas, destaque para a modernização da regulamentação aérea brasileira.

“A aviação civil mundial tem crescido e o turismo tem papel fundamental neste crescimento. O Brasil precisa fortalecer o setor aéreo com o intuito de atrair ainda mais turistas para conhecer nosso País. Exemplos positivos para essas medidas são a facilitação de vistos e o aumento da competitividade entre as empresas aéreas para tornar os preços das passagens mais atrativos”, disse Lummertz.

Sobre o evento – O IBAS, que conta com a participação de dirigentes das instituições que comandam a aviação no mundo, conta com uma programação voltada para troca de experiências, discussão de tendências, gargalos e marcos regulatórios do setor. O evento vai até domingo com a participação de representantes de governos, executivos do setor privado e representantes da alta gestão aeroportuária brasileira e internacional.

A programação se divide entre palestras, workshops, seminários e rodadas dedicados ao público de negócios (dias 29, 30 e 31) e atividades dedicadas ao público em geral (dias 1 e 2 de abril). O presidente da Embratur, Vinicius Lummertz, participou do Landings Latin America, seminário focado exclusivamente na relação do turismo com a aviação, realizado nesta sexta-feira, 31. Na ocasião, foram avaliados o cenário da integração aérea no continente e o desafio do desenvolvimento de novas rotas na região, além de traçar estratégias de ampliação da conectividade.

Categories: Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »