CASA COR convida imprensa para apresentar projeto de recuperação do Aeroclube

A CASA COR convoca a imprensa para nesta quarta-feira (07), às 9h30, apresentar o projeto de recuperação do Aeroclube do Rio Grande do Norte, obra que regatará as formas originais do prédio.

Com a presença dos jornalistas será dado início as obras estruturais para mostra e também a remoção dos elementos espúrios de algumas partes do prédio do Aeroclube. A intensão é mostrar para os jornalistas as máquinas trabalhando e todo o projeto de como se transformará o prédio do Aeroclube pós-evento CASA COR.

Na ocasião, os arquitetos Haroldo Maranhão e Nilberto Gomes, responsáveis pelo Marterplan da mostra e pela reforma, estarão presentes para dar todas as explicações e apresentar o projeto.

AEROCLUBE

O Aeroclube de Natal foi uma agremiação fundada na década de 1920 na cidade de Natal e surgiu por iniciativa do governador Juvenal Lamartine, que criou o clube em 29 de dezembro de 1928, quando a aviação comercial começava a se desenvolver em todo o Brasil. O prédio onde o Aeroclube funcionou estava situado na Avenida Hermes da Fonseca, onde anteriormente estava à casa de veraneio do Dr. Alberto Maranhão.

Dentro do Aeroclube foi criada, também, uma escola de aviação dirigida por Djalma Petit, que preparou cinco pilotos de início. Estes jovens receberam brevês outorgados pelo Aero Clube Brasileiro, por intermédio da delegação da Federation Aeronautique Internacionale. A esta primeira turma formada seguiram-se outras. O clube funcionou por quase três décadas e foi, desde a sua concepção, “um dos melhores clubes sociais da cidade”, de acordo com o historiador Itamar de Souza.

Atualmente, o Aeroclube funciona como um clube poliesportivo e associativo com nove quadras de tênis, sendo duas cobertas, dois campos de futebol society, 10 quadras de areia para a prática de beach tennis, vôlei de praia, futevôlei, handball e beach soccer. Piscina de 25 metros e salão com salas de aula para eventos.

Categories: Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »