Cacau da Mendoá é um dos 50 melhores do mundo

O presidente da Mendoá Chocolates, Leandro Almeida, recebeu ontem (28) em Paris, na entrega de prêmios Cocoa Awards, o «Certificate of Recognition» das mãos do organizador do Salon du Chocolat François Jeantet por estar no seleto grupo dos 50 melhores cacaus do mundo. A Mendoá é o único produtor brasileiro selecionado nesse concurso que acontece a cada dois anos no Salon du Chocolat e é organizado pela Bioversity International e Event International. O objetivo do concurso é reconhecer o trabalho dos produtores de cacau de acordo com a sua qualidade, sabor e diversidade de origem.

146 amostras de sementes de cacau foram enviadas ao concurso. No Brasil, a pré-seleção é feita pelo órgão federal Ceplac (Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira) que envia em seguida para a França. 35 paises participaram e as 50 melhores amostras foram degustadas por 26 profissionais e especialistas da área. As análises são sensoriais e levam em conta a acidez, adstringência, notas florais, cítricas ou amadeiradas entre outros.

François Jeantet parabenizou pessoalmente a equipe da Mendoá no final da cerimônia: «Esse é o primeiro prêmio para a Mendoá de vários que virão, tenho certeza. A Bahia tem potencial para continuar produzindo cacau em quantidade e qualidade, vocês estão de parabéns, bravo!». O responsável de qualidade da Mendoá Chocolates e especialista em amêndoas de cacau fino, Raimundo Mororó, comemorou: «Esse é um reconhecimento muito importante para o cacau brasileiro e mostra que nossos esforços em ter um cacau de qualidade não é em vão. Vamos continuar persistindo para alçar vôos mais altos».

Com esse certificado, a Mendoá mostra que tem o melhor cacau do Brasil e um dos melhores do mundo. A produção da empresa está situada na Fazenda Riachuelo, em Ilhéus (BA), em meio a Mata Atlântica. No local, o cultivo do cacau é feito no tradicional sistema “cabruca, o qual respeita a biodiversidade local. Em seguida, as amêndoas seguem para fermentação, secagem e todo o processamento que são feitos em instalações modernas dentro da própria Fazenda.

A Mendoá lança nessa 21ª edição do Salon du Chocolat a continuação da gama Clássica : os sabores nigro – chocolate com 99% de cacau, 80% de cacau com nibs (pedaços de amêndoa moída), chocolate com pimenta e chocolate com gengibre. Todos dessa linha não tem glúten, lactose nem conservantes. A linha Brasilis também será pré-lançada com exclusividade em Paris. Serão bombons recheados com tapioca e coco, cupuaçu, maracujá e amendoim.

Sobre a Mendoá Chocolates

Destaque no mercado nacional e europeu, a Mendoá é considerada uma das principais marcas de chocolate tropical premium com elevado percentual de cacau. Fundada em  2013, a empresa está localizada em meio a Floresta Tropical e situada dentro da Fazenda Riachuelo (Ilhéus/BA), que conta com um avançado laboratório de pesquisa e uma unidade fabril, produzindo anualmente, mais de 80 toneladas de chocolate. Atualmente, o portfólio é formado pelas linhas Clássica (Gengibre, Pimenta, Nibs e Nigro, Café, Castanha-do-Pará, Coco, Clássico e Diet) e Brasilis (bombons recheados com tapioca com coco, cupuaçu, maracujá e amendoim), além dos produtos sazonais como Panettones (Brigadeiro e Cupuaçu) e Ovos de Páscoa.  Entre as premissas da companhia estão a sustentabilidade, com o comprometimento de sempre respeitar a agricultura tradicional, não desmatar e utilizar embalagens biodegradáveis, e a preocupação com o desenvolvimento de produtos saudáveis, ricos em flavonoides, sem glúten, lactose, conservante e gordura animal e/ou hidrogenada. Visite: http://mendoachocolates.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!
Translate »