BRASIL JUNINO ESTREIA COM MAIS DE DUAS MIL PESSOAS EM LISBOA

“Queremos que este projeto se consolide e seja levado para outros países”, reafirmou o diretor da Embratur, Tufi Michreff

Grupo Balé Flor do Cerrado apresenta a cultura brasileira na capital portuguesa. Foto: Embratur

No mês de junho, o Brasil ficará mais colorido com bandeirinhas, trajes típicos e muita energia da expressão cultural popular. A festa junina é celebrada anualmente em todo o território brasileiro e, de forma inédita em 2017, chegou mais cedo, a mais de sete mil quilômetros da capital do País. Neste final de semana, de 7 a 9 de abril, mais de duas mil pessoas iniciaram a descoberta de uma das maiores e mais bonitas festas brasileiras durante a primeira edição do Brasil Junino em Lisboa, Portugal. A iniciativa é do IBI (Instituto Brasileiro de Integração – Cultura, Turismo e Cidadania), com o patrocínio da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo).

O diretor de Gestão Interna da Embratur, Tufi Michreff, reforçou durante a cerimônia de abertura do evento, o empenho do Instituto em disseminar a diversidade brasileira em todos os cantos do mundo. “Queremos que esse projeto se consolide e seja levado para outros países. O Brasil sempre foi vendido como destino de Sol & Praia e os portugueses têm aproveitado muito o nosso litoral durante o verão. Agora, mostramos o potencial cultural do País e outro universo a ser desfrutado pelos estrangeiros”, afirmou.

Tufi explicou ainda que o esforço da Embratur é constante para manter o crescimento de entrada de turistas no Brasil e que a entidade trabalha fortemente num modelo de reestruturação, em busca de mais investimentos. “Precisamos promover mais ações como esta, que mostrem outro lado do Brasil, servindo de incentivo para o estrangeiro nos visitar, aproveitar as nossas belezas e, principalmente, o que sempre é mais bem avaliado quando o turista chega ao País: o carinho e a recepção do brasileiro”, completou. Ele agradeceu, ainda, o apoio da Embaixada do Brasil em Portugal.

Na abertura, foram servidas comidas típicas para os convidados, que assistiram também a apresentação dos grupos Pé do Cerrado e Os Gonzagas e da cantora Lucy Alves.  Um casal de atores representou Mateus e Catirina, personagens da cultura popular do Boi Bumbá e foram os mestres de cerimônia do evento. No primeiro final de semana, aconteceram diversas ativações de interação com o público local, nas ruas da cidade de Lisboa. O grupo de dança Balé do Cerrado também levou a sua arte para a capital portuguesa.

Durante o Brasil Junino, os visitantes poderão ainda assistir às apresentações de músicas regionais e danças folclóricas com o Grupo Matulão e Quadrilhas Juninas, entre outros artistas escolhidos pelos estados brasileiros.

Cronograma – O Brasil Junino acontece em Portugal até o dia 16 de abril, e depois segue para os principais pontos turísticos e casas de cultura de mais três cidades europeias – Madrid, Roma e Paris. Serão 10 dias de atividades gratuitas em cada uma das capitais, com uma programação extensa de shows ao vivo, artesanato e intervenções artísticas para promover a diversidade da cultura brasileira. No total, serão 44 dias de atividades e a expectativa é de que seja atingido um público direto de mais de 40 mil pessoas. Saiba mais sobre o Brasil Junino aqui.

*Foto: Francisco Branquinho

Categories: Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »