As histórias das mulheres que fazem o McDonald’s no RN

 

A forte presença feminina no mercado de trabalho já é uma realidade no país. A cada dia o mercado brasileiro conta com mais mulheres, cada vez mais qualificadas e exponencialmente em postos diretivos de empresas.

No Rio Grande do Norte, o McDonald’s possui 8 restaurantes e emprega 158 mulheres de um total de 316 funcionários. São 49 cargos de liderança e destes, 23 são ocupados por mulheres.

Maria das Graças Barros, de 50 anos, é uma dessas funcionárias, mãe de oito filhos, dos quais quatro também já foram funcionários da rede. Ela é uma mulher batalhadora que criou seus filhos sozinha trabalhando com artesanato de argila e em atividades domésticas. Conta que muitas vezes chegou a trabalhar em troca de comida e enquanto estava fora, os filhos mais velhos cuidavam dos mais novos.

Há oito meses ela faz parte do quadro de funcionários do McDonald’s, mas conta que a batalha não foi fácil. “Já fui recusada em várias outras empresas. Estar, hoje, com a carteira assinada e com meus direitos garantidos é uma grande vitória na minha vida”, diz.

Histórias de superação e de luta de mulheres que tem que deixar seus filhos em casa para trabalhar são inúmeras. Outro exemplo é Maria Gilma de Oliveira, Gerente de Negócios da empresa. Com 38 anos de idade, ela tem 22 anos de história na empresa.

O McDonald’s foi seu primeiro emprego. Na empresa teve oportunidade de crescimento profissional, pois entrou como atendente, exerceu os cargos de treinadora, coordenadora, gerente de plantão, gerente de operações e hoje atua como gerente de negócios.

Nesse período ela casou, teve uma filha e ainda conseguiu cursar a faculdade de Administração, na qual é formada. “Um orgulho para minha mãe que sempre sonhou em ter filhos na faculdade. De cinco filhos, apenas eu e uma irmã que conseguimos uma formação superior”, diz.

 

 

Categories: Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »