AMPV homenageou Vasco d’Avillez  e distinguiu personalidades e entidades  no seu 11º aniversário

COMEMORAÇÕES DO 11º ANIVERSÁRIO DA AMPV

 

•  Ana Mendes Godinho recebeu o prémio Personalidade do Ano e revelou que “2,5 milhões de turistas vêm a Portugal atraídos pelo enoturismo”

 

•  Secretário de Estado da Agricultura valorizou o trabalho desenvolvido pela AMPV na promoção do vinho e, sobretudo, dos territórios

 

• 

 

 

A Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV) comemorou o 11º aniversário no passado dia 30 de abril com uma gala no Centro Cultural do Cartaxo, cuja sala de espetáculos encheu para homenagear Vasco d’Avillez, distinguir personalidades e entidades com os Prémios Prestígio e também assistir ao filme “Setembro a Vida Inteira”, de Ana Sofia Fonseca.

 

As comemorações contaram com a presença do Secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Medeiros Vieira, a Secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, que foi distinguida com o Prémio Personalidade do Ano, o presidente do Instituto da Vinha e do Vinho, Frederico Falcão, o presidente da Recevin – Rede Europeia das Cidades do Vinho, José Calixto, o presidente da Associação Nacional das Denominações de Origem Vitivinícolas, Manuel Pinheiro, o presidente da Federação das Confrarias Báquicas, Pedro Castro Rego, a presidente da Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas, Olga Cavaleiro, entre muitos outros.

 

Os Prémios Prestígio distinguiram na categoria de Revelação Ana Sofia Fonseca, realizadora do filme “Setembro A Vida Inteira”. Na categoria de Enoturismo, o prémio foi entregue à Iter Vitis – Os Caminhos da Vinha na Europa e a categoria Museus do Vinho reconheceu o trabalho desenvolvido pelo Museu do Alvarinho de Monção. O prémio Entidade do Ano foi entregue à ViniPortugal e Ana Mendes Godinho, Secretária de Estado do Turismo, foi distinguida com o prémio Personalidade do Ano.

 

Nesta gala, a AMPV homenageou ainda, a título póstumo, Carlos Silva e Sousa, ex-presidente da Câmara Municipal de Albufeira, que faleceu em fevereiro deste ano, aos 60 anos.

 

 

Presidente da AMPV fez a abertura da cerimónia

 

Na abertura da cerimónia, o presidente da AMPV, Pedro Magalhães Ribeiro, começou por enaltecer “o extraordinário trabalho” desenvolvido pelas autarquias, juntamente com os produtores e operadores de turismo, na afirmação do vinho e dos territórios e na afirmação da própria associação, que hoje representa mais de três milhões de portugueses, abarcando cerca de um terço do território nacional.

 

“Grande parte desta área é território rural, que tem potencialidades extraordinárias. Temos fatores de diferenciação que nos dão potencial de desenvolvimento. Por isso, temos em mão uma grande missão, desenvolver os territórios, e com isso atrair população mais jovem, com vontade de inovar e abraçar novos desafios”, referiu, reforçando que “o vinho e a gastronomia continuam a ser os principais fatores para trazer turistas ao nosso país”.

 

 

Ana Mendes Godinho revelou que “2,5 milhões de turistas vêm a Portugal atraídos pelo enoturismo”

 

Distinguida com o prémio Personalidade do Ano, a Secretária de Estado do Turismo afirmou que “o turismo não existiria hoje se não houvesse vinho, que é o grande embaixador de marca no mundo e grande fator de atração: 2,5 milhões de turistas vêm a Portugal atraídos pelo enoturismo e 80% dos que nos visitam dizem que irão voltar pela gastronomia e pelos nossos vinhos”.

 

A responsabilidade passa por “dar visibilidade ao trabalho que todos os dias é feito nos territórios e trabalhar para que Portugal não seja apenas o melhor destino turístico do mundo, seja também o melhor país do mundo”, frisou.

 

 

Secretário de Estado da Agricultura valorizou o trabalho desenvolvido pela AMPV

 

Convidado a subir ao palco no momento da homenagem a Vasco d’Avillez, o Secretário de Estado da Agricultura começou por afirmar que “a AMPV tem feito um excelente trabalho na promoção do vinho e, sobretudo, na promoção dos territórios que compõem o país”. Enalteceu também “o trabalho notável dos vitivinicultores, enólogos e empresários, que têm contribuído para uma afirmação cada vez maior do setor, um setor que é diferente e de grande valor, que regista um crescimento médio anual de 8% nas exportações”.

 

Luís Medeiros Vieira foi o porta voz de uma mensagem escrita pelo Ministro da Agricultura, que dessa forma simbólica também se associou ao aniversário da AMPV. Nessa mensagem, Luís Capoulas Santos reconheceu Vasco d’Avillez como “uma personalidade das mais marcantes do setor do vinho, exigente, fascinante, generoso comunicador e com um inesgotável sentido de humor”.

 

 

Vasco d’Avillez: “o vinho conta a história e a vida do nosso país” e ele adora contar histórias sobre o vinho

 

Rodeado de amigos, Vasco d’Avillez disse sentir-se “contentíssimo” com o gesto da AMPV. “São estas coisas que dão calor a uma vida que foi toda dedicada ao vinho. Não foi fácil, mas foi sempre divertida”, revelou, partilhando que “desde o início se pôs ao lado da AMPV, porque ela se põe do lado do território. E a ligação do vinho ao território é fundamental”.

 

Conhecido por todos como um grande contador de histórias, sobretudo de histórias ligadas ao vinho, Vasco d’Avillez não podia deixar de terminar o seu discurso com uma das suas cativantes e divertidas histórias, tendo sido entusiasticamente aplaudido de pé.

 

Ana Sofia Fonseca foi distinguida com o prémio Revelação e apresentou o Filme “Setembro a Vida Inteira”

 

“Setembro a Vida Inteira” é um filme que viaja pela intimidade das vinhas e das adegas, descobrindo paixões, crimes e aventuras. “É também um passaporte para descobrir Portugal”, nas palavras da realizadora Ana Sofia Fonseca, que recebeu o prémio Revelação da AMPV e trouxe ao Cartaxo este filme, numa sessão especial integrada nas comemorações do 11º aniversário da AMPV.

Categories: Enoturismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »