Air France comemora a redução das taxas aeroportuárias em Paris e abre novas rotas na Europa

 

Desde o primeiro dia de 2017, os aeroportos Paris-Charles De Gaulle e Paris-Orly reduziram em 21,4% as taxas aeroportuárias, proposta do Secretário Estadual dos Transportes da França

 

A Air France, que tem em Charles de Gaulle seu hub, comemorou a decisão, já que ambos aeroportos estavam, particularmente, desfavorecidos pelos mecanismos de reajuste das taxas cobradas no país. A medida vai ajudar a melhorar a competitividade do transporte aéreo, beneficiando todas as companhias do setor. Para a companhia francesa, a notícia é ainda melhor, já que é dela a metade dos cerca de 26 milhões de euros estimados que serão economizados por todas as aéreas que utilizam os dois aeroportos parisienses.

Jean-Marc Janaillac, presidente da Air France, analisa o impacto da decisão na aviação francesa. “Aumentar a competitividade é um dos objetivos do nosso projeto estratégico Trust Together. Comemoramos a medida, que reduz a diferença que havia, em comparação com outros aeroportos, de taxas e impostos que impactavam o transporte aéreo na França. Esperamos que o Estado continue nesse caminho. A melhora na competitividade da companhia, que é determinante para sua capacidade de crescimento a médio prazo, não pode depender somente de seus funcionários”.

Air France abre novas rotas na Europa

Em dezembro de 2016, a Air France já tinha anunciado que, a partir de 26 de março de 2017, começaria a operar rotas, saindo de Paris, para Marrakesh (Marrocos) e Porto (Portugal), com um Airbus A320, que tem 166 lugares e é equipado com as mais novas cabines da companhia. As rotas serão lançadas nesse período para aproveitar todo o verão europeu, com três voos semanais cada.

Agora, outros destinos foram incluídos na lista de novas rotas, reforçando a rede de voos de média duração da companhia. A partir de 18 de julho, os passageiros poderão decolar do aeroporto Paris-Charles de Gaulle, com destino a Agadir (Marrocos) e Palma de Mallorca (Espanha). Cada rota terá três voos semanais, operados às terças, quintas e sábados, em aeronaves Airbus A319 e A320.

Por conta da diminuição das viagens de negócios e aumento das de lazer durante o verão europeu, a Air France também reorganizou sua malha aérea para otimizar o atendimento à demanda sazonal.

Entre 22 de julho e 9 de setembro, haverá um novo voo direto no trecho Nice (França) – Tel Aviv (Israel), também operado no A320. Outras cidades francesas também serão beneficiadas. Entre 24 de julho e 3 de setembro, 5 novas operações serão abertas em aeroportos regionais da França. Saindo de Bordeaux, passageiros Air France poderão desembarcar em Frankfurt (Alemanha) e Copenhagen (Dinamarca); de Nice e Toulouse, visitar Atenas (Grécia) e, também, de Toulouse, chegar até Malta. Todos esses voos operados com o A319 e A320.

A partir de 24 de julho, três novas rotas serão abertas em Marselha, com até quatro voos semanais diretos para Atenas (Grécia), Estocolmo (Suécia) e Ibiza (Espanha), operados pelo A320, com 178 assentos. As tarifas para esses destinos são atrativas e oferecidas a partir de € 180 para Atenas, € 73 para Estocolmo e € 50 para Ibiza, já incluindo taxas. Verifique as condições no site da Air France.

Categories: Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »